Menores fugiram utilizando escadas e cobertor – Foto: Alexandre Lima
Alexandre Lima

No dia 12 de agosto passado, o governo do Acre, através do Instituto Sócio Educativo do Acre (ISE/AC), inaugurou o centro para menores infratores na cidade de Brasiléia, com direito a presença do governador do Acre, Sebastião Viana, deputados, juristas e políticos.

A noticia da inauguração do centro na cidade, movimentou populares contrários pelo fato de não terem sido comunicado oficialmente a população, vereadores e construído numa área particular em tempo recorde.

Com a promessa de que seria um local seguro e que serviria para resocializar menores delinquentes que praticassem algum tipo de crime na fronteira, não durou mais que um mês e meio.

Polícia Militar foi acionada e estão na tentativa de encontrar os menores fugitivos – Foto: Alexandre Lima

Na noite desta segunda-feira, dia 02, por volta das 20h30, três menores utilizaram de duas escadas para subir no muro, de um cobertor para cobrir o arame farpado e praticamente fugir pelo portão da frente.

Policiais militares foram acionados e não se sabe ainda, como conseguiram fugir de dentro das celas. A Secretaria responsável pelo ‘presídio para menores’ como é chamado na fronteira, ainda está tomando ciência dos fatos.

O número de menores ‘internados’ oficialmente não foi divulgado. O mesmo foi construído para que os familiares do Alto Acre possam ficar mais próximos dos entes que estão sob a custódia do Estado.

Mais informações a qualquer momento.

Foto: Alexandre Lima

Matérias relacionadas:

Representantes do ISE classificam moradores de preconceituosos durante reunião em Brasiléia

Moradores entregam assinaturas de protesto contra instalação de centro para menores infratores na cidade no MP

Vereador pede presença do presidente do ISE para explicar implantação de centro para menores em Brasiléia

Comentários