Conecte-se conosco

Flash

Cerca de 80% das escolas públicas do AC não iniciaram aulas após trabalhadores anunciarem paralisação

Publicado

em

Trabalhadores da Educação fizeram carreata nesta segunda-feira (10) em protesto por reposição salarial — Foto: Arquivo/Sinteac

Por Iryá Rodrigues

Cerca de 80% das escolas da rede pública de ensino do Acre não iniciaram o ano letivo 2021 nesta segunda-feira (10), como estava previsto pela Secretaria Estadual de Educação. É que os trabalhadores anunciaram uma paralisação por conta da reposição nos salários.

Após uma assembleia geral realizada na última sexta-feira (7), a categoria decidiu decretar o estado de greve, que deve ser, de fato, iniciada, após 72 horas da notificação. Nesta segunda, os trabalhadores fazem uma carreata, com saída do estacionamento da Arena da Floresta, em protesto.

A categoria reivindica a reformulação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) e o reajuste no piso salarial.

A previsão era de que as aulas começariam nesta segunda em todas as escolas da rede pública para cerca de 148 mil alunos. Com o estado em fase de emergência por conta da pandemia da Covid-19, as aulas devem continuar de forma remota.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Estadual de Educação para saber quantas escolas exatamente iniciaram o ano letivo nesta segunda e qual o posicionamento da pasta em relação à paralisação dos trabalhadores, e foi informado que a secretaria deve se pronunciar ainda nesta segunda.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, disse que das cerca de 300 escolas da zona urbana e rural, ao menos 200 aderiram ao movimento e não iniciaram as aulas.

Categoria se recusa a iniciar ano letivo 2021 e ameaça greve geral — Foto: Ana Paula Xavier/Rede Amazônica Acre

“Estamos em advertência da greve, que começa na quinta-feira [13]. Nós vamos entrar de greve não só pela questão salarial, mas pelas condições de trabalho, os trabalhadores estão pagando para trabalhar. Professores tiveram que comprar celular, chip, computador, pagar Internet, estão endividados para poder trabalhar e quem tem que oferecer é o Estado. O governo não está pagando nossos direitos garantidos no PCCR, que são as gratificações, complementações salariais e dobras. Também estamos lutando pela reposição inflacionária de 2017 até 2021 e mais a estruturação da tabela para 2022”, informou Rosana.

A sindicalista disse ainda que as negociações estão sendo feitas com o governo desde 2019. “Já ofereceram auxilio alimentação e não pagaram, ofereceram 12,99% e não pagaram e por último entregaram uma contraproposta oferecendo antecipação da VDP e não pagaram.”

Em ao menos 15 cidades acreanas 100% das escolas não iniciaram o ano letivo nesta segunda. É o caso de Plácido de Castro, Acrelândia, Porto Walter, Porto Acre, Bujari, Capixaba, Xapuri, Plácido de Castro, Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Feijó e as escolas de Marechal Thaumaturgo, Santa Rosa do Purus e Jordão.

Aulas são transmitidas pela TV e rádios para alunos da rede pública do Acre — Foto: Secom

Ano letivo 2021

Cerca de 148 mil alunos da rede pública de ensino do Acre iniciariam o ano letivo 2021 nesta segunda (10) com aulas de forma remota. A previsão inicial era de que as aulas começariam no dia 3 de maio, mas os professores passaram por treinamentos e planejamento das aulas e, por isso, o prazo foi adiado.

A maioria das escolas já encerrou as aulas do ano letivo de 2020, mas há ainda algumas instituições da zona rural e indígenas que não conseguiram concluir. Segundo a Secretaria Estadual de Educação, essas escolas devem trabalhar os dois anos letivos de forma paralela.

As aulas presenciais foram suspensas no dia 17 de março, na semana em que o Acre confirmou os três primeiros casos de Covid-19. Desde então, os alunos têm acesso ao conteúdo escolar pela internet por videoaula, pelo rádio com audioaulas, pela televisão e também com o material impresso disponibilizado nas escolas.

Em 2020, em meio à pandemia, os alunos da rede pública estadual concluíram os bimestres, também por meio do ensino remoto. Em fevereiro, a SEE chegou a divulgar um calendário do retorno das aulas com sistema híbrido – aulas presenciais e remotas. A ideia era começar as aulas presenciais já em março deste ano.

Contudo, os casos de Covid-19 aumentaram e Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 colocou todo o estado na bandeira de emergência, e suspendeu as atividades não essenciais.

A previsão é que a conclusão do ano letivo de 2021 ocorra em dezembro, ainda com sistema de 800 horas/aula no lugar de 200 dias letivos, o que foi flexibilizado por conta da pandemia.

A Educação continua com o programa Escola em Casa, que trabalha com o material impresso, audioaulas transmitidas pela TV e também pela Rádio Difusora e Aldeia Acreana, e videoaulas transmitidas pela Amazon Sat, além de disponibilização do acervo escola na Plataforma Educ Acre.

Comentários

Flash

Secretaria de Comunicação recebe novos veículos do governo

Publicado

em

A comunicação é o meio pelo qual as informações e notícias são trocadas entre dois ou mais interlocutores, é um processo que permite criar e interpretar mensagens.

Com o objetivo de melhorar e levar essas mensagens a todo o Estado, o governo do Acre realizou a entrega de dois novos veículos para a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), duas novas caminhonetes no valor de mais de R$ 513 mil. Os veículos foram custeados com recursos próprios do governo.

A Secom não recebia investimentos na área de transporte desde o início dos anos 2000. Foto: Diego Gurgel/Secom

A secretária de comunicação, Nayara Lessa, destacou e agradeceu o zelo e preocupação que o governador teve com a pasta, que faz o acompanhamento e publicidade das ações do governo em todo o estado.

“Estamos muito gratos e felizes por essa conquista, e mostra a preocupação do governo com a comunicação, que está no dia a dia sempre divulgando as ações. Essa entrega mostra a sensibilidade do governador com a Secom, agora vamos ter veículos adequados para fazer o transporte da nossa equipe”, destacou.

O governador entrega a chave dos veículos em mãos à secretária de comunicação, Nayara Lessa. Foto: Diego Gurgel/Secom

Um outro veículo, também caminhonete, foi cedido pelo Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre), à Secom para auxiliar na logística da Secretaria.

A última vez que a pasta teve investimentos nos meios de transporte foi no início dos anos 2000, quando recebeu uma motocicleta e um carro de passeio. Desde então a secretaria operava apenas com carros emprestados ou cedidos por outras organizações estatais, e agora as equipes de comunicação vão ter mais segurança e conforto na locomoção e transporte com o  investimento, que totalizou R$ 513.312,00.

Comentários

Continue lendo

Flash

Prefeitura de Brasiléia realiza desfile cívico em comemoração aos 112 anos do município.

Publicado

em

O desfile cívico realizado na noite quinta-feira, 30, em comemoração ao aniversário 112 anos de Brasiléia, foi marcado por muita emoção e pela presença dos alunos das escolas municipais, Exército Brasileiro, Corpo de Bombeiros, fanfarras e servidores municipais.

A prefeita Fernanda Hassem, acompanhada do Vice-prefeito, Carlinhos do Pelado, recepcionou o Governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, senador Sérgio Petecão, Forças de segurança ( Polícia Militar, exército e Corpo de Bombeiros), Deputada Federal, Vanda Milani, secretários estaduais, municipais, vereadores, equipe do governo do estado e imprensa.

A Deputada Federal Vanda Milani, que já destinou mais de 35 milhões para o município, veio prestigiar o evento. “Estou muito feliz em acompanhar o desfile cívico em comemoração aos 112 anos de Brasiléia, estou vendo a juventude e as crianças participando. Quero dizer que Brasiléia conta com meu total apoio, já foram mais de 35 milhões de reais que destinei para melhorar a vida das pessoas de Brasiléia. Parabéns população por este dia”, falou.

Para a prefeita Fernanda, o momento foi de emoção. “É uma honra podermos estar aqui com as nossas crianças, escolas, nossas autoridades militares e o nosso Governador Gladson Cameli. Há quatro anos desde que o governador se elegeu ele vem participar do desfile em respeito à cidade”, afirmou a Prefeita.

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli parabenizou Brasiléia. “Que Deus abençoe Brasiléia e a nossa prefeita para que juntos possamos olhar para as pessoas e pensar em um estado cada dia mais justo, respeitando sempre as instituições, parabéns Brasiléia pelos 112 anos”, parabenizou.

Comentários

Continue lendo

Flash

Estado contempla Assis Brasil com investimentos em educação e infraestrutura

Publicado

em

O compromisso do governo do Acre com os municípios do interior foi reafirmado nesta sexta-feira, 1°. Desta vez, Assis Brasil foi beneficiado com diversas ações e melhorias por parte do Estado. A cidade localizada na tríplice fronteira do Brasil, Bolívia e Peru recebeu investimentos de quase R$ 9 milhões nas áreas da educação e infraestrutura.

O governo do Estado contemplou Assis Brasil com quase R$ 9 milhões em investimentos na educação e infraestrutura. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Presente à solenidade, o governador Gladson Cameli fez questão de enfatizar o trabalho feito em parceria com as 22 prefeituras acreanas. De acordo com o gestor, quando instituições se unem em prol da população, os resultados são alcançados.

“Temos que construir pontes e é isso que estamos fazendo nos últimos três anos e meio à frente do Executivo estadual. Com muita determinação, estamos conseguindo melhorar o nosso Acre. Aqui em Assis Brasil, a prefeitura é a prova disso. Unidos, podemos fazer muito mais pelo nosso povo”, argumentou.

Governo do Acre tem priorizado investimentos para que os jovens tenham um ensino público de qualidade. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Dando continuidade aos avanços na educação, o governo fez a cessão de dez ônibus escolares à prefeitura local. Os veículos traçados são adaptados para estradas de difícil acesso e transportarão estudantes da zona rural com mais conforto e segurança no trajeto de suas casas até a escola.

O governador Gladson Cameli assinou ainda a ordem de serviço para a reforma e ampliação da Escola Sandoval Batista. A unidade de ensino estadual receberá melhorias em toda sua física, proporcionado melhores condições para o aprendizado dos alunos.

Estado fez a cessão de dez ônibus escolares à prefeitura do município. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Na oportunidade, a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE) fez a entrega dos vouchers para aquisição do fardamento escolar. Os uniformes serão distribuídos, gratuitamente, para 1.570 estudantes da rede estadual.

“A Educação tem sido tratada com prioridade pela gestão do governador Gladson Cameli e a prova disso é que mais investimentos estão garantidos para Assis Brasil. Entregaremos os kits escolares e os tabletes com planos de internet aos estudantes do ensino médio”, ressaltou o titular da SEE, Aberson Carvalho.

Governo assegura melhorias para a infraestrutura de Assis Brasil

Governo e Prefeitura de Assis Brasil também firmaram convênio no valor de R$ 3 milhões para a recuperação de ramais, vias urbanas, calçadas e drenagem, revitalização de praças, manutenção da iluminação pública, locação de máquinas pesadas e compra de combustível e peças.

Os moradores da Rua Juvenal Duarte, no bairro Plácido de Castro, foram agraciados com a pavimentação asfáltica da via. A obra era bastante aguardada pela comunidade, pois coloca fim aos transtornos provocados pela falta de infraestrutura.

Prefeito Jerry Correia agradeceu o governador Gladson Cameli pelos grandes investimentos realizados no município localizado na tríplice fronteira do Brasil, Bolívia e Peru. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O prefeito Jerry Correia aproveitou para agradecer a parceira incondicional do Estado em prol de Assis Brasil. “Este é um governo que dialoga, recebe nossas demandas e trata a população como prioridade. Temos recebido diversos benefícios e só temos gratidão por tudo que está sendo pelo crescimento e melhoria da nossa cidade”, disse.

Comentários

Continue lendo

Em alta