Conecte-se conosco

Cotidiano

CNC: Brasil encerrou 2021 com recorde de endividados

Publicado

em

Economia, Moeda Real,Dinheiro, Calculadora

O nível de endividamento médio das famílias brasileiras em 2021 foi o maior em 11 anos, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada hoje (18) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

De acordo com o levantamento, o último ano apresentou recorde do total de endividados, registrando uma média de 70,9% das famílias brasileiras, enquanto dezembro alcançou o patamar máximo histórico com 76,3% do total de famílias. Segundo a CNC, as famílias recorreram mais ao crédito para sustentar o consumo.

Na avaliação por faixa de renda, o endividamento médio das famílias com até 10 salários mínimos mensais aumentou 4,3 pontos percentuais (p.p), chegando 72,1% do total. Na faixa de renda superior, acima de 10 salários mínimos, o indicador aumentou ainda mais, 5,8 p.p., e fechou em 66%.

O presidente da CNC, José Roberto Tadros, avalia que, entre as famílias com rendimentos acima de 10 salários mínimos, a demanda represada, em especial pelo consumo de serviços, fez o endividamento aumentar ainda mais expressivamente, em especial no cartão de crédito.

“O processo de imunização da população possibilitou a flexibilização da pandemia, refletindo no aumento da circulação de pessoas nas áreas comerciais ao longo do ano, o que respondeu à retomada do consumo, principalmente de serviços”, disse Tadros, em nota.

Na comparação com 2020, das cinco regiões do país, apenas o Centro-Oeste apresentou queda do índice, 0,3 ponto percentual. O Norte registrou estabilidade, e o Sudeste se destacou com aumento de 5,9 ponto percentual (p.p.), seguido pelo Sul (+5,5 p.p.) e o Nordeste (+4,5 p.p.). Porém, considerando o total de endividados, o Sul contou com o maior percentual, aproximando-se de 82%.

Inadimplência

Na direção oposta dos indicadores de endividamento, no último ano, os números de inadimplência apresentaram queda. De acordo com a pesquisa, o percentual médio de famílias com contas e/ou dívidas em atraso diminuiu 0,3 p.p. na comparação com 2020, chegando a 25,2%.

Após iniciar 2021 em patamar superior ao observado no fim do ano anterior, o percentual mensal de inadimplência teve redução até maio, mas passou a apresentar tendência de alta desde então, alcançando 26,2% em dezembro e ficando acima da média anual.

“O percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas e/ou dívidas em atraso e que, portanto, devem permanecer inadimplentes também contou com uma redução na comparação com 2020, 0,6 p.p., totalizando 10,5% dos lares no país. Os números indicam que essa parcela de consumidores apresentou movimentos diferentes ao longo do ano. Enquanto, no primeiro semestre, o indicador de inadimplência recorrente oscilou entre baixa e alta, a partir de julho passou a registrar tendência de queda, encerrando o ano em 10% do total de famílias, abaixo da média anual”, afirmou a CNC.

Para a economista da CNC responsável pela pesquisa, Izis Ferreira, os números indicam que, ainda que em condições financeiras mais acirradas, os consumidores conseguiram quitar os compromissos financeiros e evitaram incremento da inadimplência até o fim do terceiro trimestre. Nos últimos três meses do ano, no entanto, o indicador de contas em atraso aumentou, já indicando tendência de alta para o início de 2022.

“Os consumidores seguirão enfrentando os mesmos desafios financeiros da segunda metade de 2021, principalmente inflação, juros elevados e mercado de trabalho formal ainda frágil. Soma-se a isso o vencimento de despesas típicas do primeiro trimestre, que deverá apertar ainda mais os orçamentos domésticos neste período”, disse Izis.

Comentários

Cotidiano

Polícia inicia investigação de suposto racha envolvendo carros de luxo no Acre

Publicado

em

Por

Por Antônio Malvadeza

O delegado Samuel Mendes, da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, na Cidade do Povo, em Rio Branco, deverá ser o responsável em apurar um suposto racha envolvendo dois automóveis de luxo ocorrido no último final de semana e que por pouco não acabou em tragédia.

Os condutores de uma BMW vermelha e de um Volvo XC 60 de cor branca já previamente identificados, serão chamados a depor. Um dos motoristas chegou a ser notificado por policiais da Companhia de Trânsito.

A ocorrência foi registrada na tarde de sábado no bairro da Comara, quando dezenas de moradores relataram ter visto quando os condutores do Volvo e da BMW apostavam corrida. Segundo testemunhas, por pouco não houve uma tragédia quando um Corsa Classic cruzou a pista.

Os dois carros estariam em alta velocidade, mas ainda conseguiram evitar um acidente mais grave. O volvo ainda tocou no carro, porém o condutor não perdeu o controle e fugiu. O da BMW evitou o choque, no entanto, bateu no meio-fio e chegou a capotar.

Informações apontam que com ajuda de amigos, o proprietário da BMW conseguiu retirar o carro do local do acidente e quando os policiais militares da CIATRAN chegaram para atender a ocorrência, já estava em cima de um caminhão guincho coberto com uma lona.

Questionados, disseram que haviam feito um acordo com os demais envolvidos, o que não evitou que fossem notificados por tirar o carro do local do acidente, que é considerado infração grave no trânsito.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Curtinha: Acre estreia com derrota no Campeonato Brasileiro de Seleções Sub-20 Masculino

Publicado

em

Por

Por Duaine Rodrigues

O Acre não começou bem a caminhada noCampeonato Brasileiro de Seleções Sub-20 Masculino. Jogando contra o Espírito Santo, a seleção acreana foi derrotada por 3 sets a 0, na manhã desta terça-feira (24), no ginásio da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Brasília (DF). As parciais foram 10 x 25, 20 x 25 e 18 x 25.

Seleção acreana de vôlei sub-20 2022 — Foto: Divulgação/Feav

Seleção acreana de vôlei sub-20 2022 — Foto: Divulgação/Feav

fase as seleções estão em grupo único. Os quatro melhores classificados avançam para as semifinais. O torneio vai até a sexta-feira (27).

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Portaria dispensa uso de máscara nas unidades do INSS

Publicado

em

Foto/ilustrativa net

Medida foi publicada no Diário Oficial da União

Foi publicada hoje (24) no Diário Oficial da União a portaria que dispensa o uso de máscara de proteção facial nas unidades do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

A portaria determina, também, que as unidades do INSS deverão ter afixados em suas instalações informativos nos quais constem “orientações sobre a higiene adequada das mãos, o cuidado coletivo da saúde e a utilização dos ambientes compartilhados”.

Peritos

E desde ontem (23), após 52 dias de greve, os peritos do instituto voltaram ao trabalho. Nas negociações com o governo federal, os médicos peritos se comprometeram a repor os dias parados e reduzir o estoque de perícias não realizadas durante o período de greve.

Para reduzir a fila de exames periciais agendados, foi definida a realização de até 12 atendimentos diários por profissional. No entanto, de acordo com lei de 2019 os médicos que ultrapassarem essa quantidade de atendimentos vão receber R$ 61,72 por perícia extraordinária.

Os servidores terão 8 meses para compensar os dias não trabalhados de modo presencial ou remoto.

Comentários

Continue lendo

Em alta