“O poder emana do Povo”.

De norte a sul do País a nação ficou atenta aos resultados das eleições e como já era de se esperar Jair Bolsonaro eleito pelo povo e para o povo!

A maratona…

…determinou o vencedor. Como prêmio, entregue ao eleito o comando do Brasil recheado de problemas.

Bônus ou ônus.

…fim do segundo turno para presidente do Brasil, confesso que até hoje, não consegui entender os programas de governo apresentados pelos candidatos. Para muitos eleitores tudo é duvidoso. E as notícias falsas, altamente nocivas confundem ainda mais a população.

A preferência…

…dos eleitores foi carimbada. Chegada a hora de conhecer na prática, as propostas de governo que norteará o futuro do Brasil.  Portanto, é desnecessário qualquer esforço agora para compreender, o tempo determinará se a escolha foi acertada.

A crise política…

…e democrática é resultado das más administrações, isso o brasileiro sabe. Insatisfeitos decidiram ecoar o pedido de socorro através da mudança. Que a honra resgate a nação da servidão. Esse é o mais importante projeto, esperado por todos.

De certo que há muitos…

…eleitores desinformados e vulneráveis, em contrapartida os conscientes e focados. No período eleitoral foi possível observar pouca importância ideológica e grande rejeição partidária, realidade que limitou o senso crítico de alguns sobre as possibilidades. A sangria das dores foi o ponto forte e validou a determinação popular.

Eleição ou revolução?

Durante a campanha eleitoral, se viu uma revolução. Os apelos foram muitos, as justificativas também e jamais se ouviu falar tanto em política como nos últimos tempos. A tensa campanha mostrou que na atualidade nada se faz sem a aprovação popular.

Vimos a nação…

…reagir ao descontentamento, requereu posicionamento desagradando a muitos. Se viu a pátria contrariada levantar a voz, bater continência, formar trincheiras e determinar a hora de mudar.

E de tudo o que se viu…

…lindo foi participar do Brasil mobilizado em prol de mudanças.  Olhar com racionalidade as modificações significativas no cenário político, é no mínimo, admitir que a nação não foge à luta.

Ainda existe questionamentos…

…e tenção quando o assunto é governabilidade positiva. Porém, o medo que abraça a nação se faz coragem para os seguidores do Presidente Jair Bolsonaro.

Nesse sistema…

…contemporâneo em que a pilantragem é grande e a violência política é impiedosa, há uma geração disposta a encontrar saídas para o caos Brasileiro. O voto de esperança representou necessariamente a recusa em aceitar o Brasil como está.

O duelo…

…de intensa disputa política em certos momentos, caminhou às escuras. E mesmo havendo incertezas a nação apostou em Bolsonaro, o tornou imbatível internalizando as suas ideias.

O Brasil…

…levantou firme e conduziu Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto. As cores da Pátria, voltam a brilhar com o choro de alegria, a dor aliviada, o porto seguro erguido e a esperança ancorada.

Nem a mídia…

…em suas interfaces conseguiu determinar o rito do processo eleitoral. Dessa vez o Brasil em sua maioria, permaneceu coeso, fiel as suas razões.

Para uns o resultado…

…foi a reação de Massa e para outros, do Povo. Enfim, a compreensão e a indignação explicam onde se estar, o que se precisa e o que se faz para se mobilizar.

Guilhotina

Quanto a filosofia, a ideologia e a patologia, de certo “mermo” foi a guilhotina. No Alto Acre a felicidade aportou em Xapuri, reeleitos Manoel Moraes (PSB) e Antônio Pedro (DEM), mais um mandato confiado aos deputados. Brasiléia e Assis Brasil, rancores, rumores e humores em Manacapuru.

Por outro lado…

…tivemos novatos expressivos nas urnas, a exemplo de Chiquinho Chaves (PSDB) com 1.059 votos, creio que este cenário é o recado aos políticos. Os eleitores estão de olho, vacilou vai para a degola.

 Brasiléia…

…na região do Alto Acre, faz parte da fronteira esquecida, abandonada e negligenciada. Com o resultado a pequena cidade comemorou enfeitada de felicidade. Essa população sofrida carece do olhar diferenciado. Justo é exigir respeito, pois de paliativo está cheia!

Para e comunidade…

…fica o dever de acompanhar todo o período de mandato dos candidatos eleitos. Porque o Brasil e o Acre precisam de parlamentares compromissados com a sociedade.

Comentários