Com punhal, jovem luta com estuprador e consegue fugir no interior do Acre

Tentativa de estupro ocorreu na noite de sábado (11).  Jovem conseguiu ferir o homem com um punhal.

Do G1

Jovem diz que costuma andar com punhal para se defender em Cruzeiro do Sul (Foto: Anny Barbosa/G1)

Com a ajuda de um punhal que a acompanha, uma estudante de 22 anos, que prefere não se identificar, conseguiu fugir de um estuprador na noite deste sábado (11), no bairro Miritizal em Cruzeiro do Sul. Ela conta que o agressor estava de bicicleta e armado com um facão.

“Eu tinha saído de um jogo, sou goleira. Foi quando eu passei da ponte e vi que ele chegou de bicicleta e tava com uma faca grande, essas de açougueiro. Me jogou no chão e tirou toda minha roupa”, conta ainda assustada.

Como anda sempre com um punhal, como forma de se proteger, ela diz que conseguiu ferir a mão do estuprador e conseguiu fugir. “Se eu não tivesse com esse punhal, só Deus sabe o que ele teria feito comigo dentro daquelas matas”, diz.

Com o trauma, a estudante diz ter medo de sair de casa e que nunca pensou em passar por uma situação parecida. “Eu fiquei em pânico, foi horrível. Minha mãe nem quer me deixar sair de casa e eu tô com medo mesmo. Se eu não tivesse com o punhal? E se ele tivesse me matado lá mesmo? Nunca vou esquecer”, finaliza.

A jovem deve comparecer na Delegacia de Polícia Civil para fazer um boletim de ocorrência na segunda-feira (13).

Comentários