Conecte-se conosco

Flash

Começa júri popular de policial penal que matou companheira em Rio Branco

Publicado

em

Quenisson Souza está preso por matar a mulher Erlane Cristina com um tiro na cabeça em março deste ano em Rio Branco — Foto: Arquivo pessoal

Por Iryá Rodrigues

O policial penal Quenison Silva de Souza começou a ser julgado nesta terça-feira (3) para responder pela morte da companheira Erlane Cristina de Matos, de 35 anos. O julgamento ocorre na 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Rio Branco.

Erlane foi morta com um tiro na cabeça em março deste ano na casa do casal, no bairro Estação Experimental, na capital. O casal brigou depois de chegar da casa de um amigo. O sobrinho de Erlane, de 13 anos, que estava passando uma temporada com o casal, ouviu a briga e é testemunha no processo.

____________________

O acusado foi denunciado pelo Ministério Público do Acre pelo crime de homicídio qualificado por feminicídio.

____________________

Ao determinar que o júri fosse marcado, a juíza Luana Campos destacou que as provas comprovaram que o policial é o responsável pela morte da companheira. Além disso, a juíza acrescentou que ficou comprovado que o crime foi praticado com motivo torpe, uma vez que o acusado teve uma crise de ciúmes e matou a mulher.

Ao todo, nove testemunhas devem ser ouvidas durante o julgamento desta terça, sendo cinco de acusação e quatro de defesa, além do acusado.

No último dia 24 de julho, o servidor público foi interrogado na primeira audiência de instrução e julgamento do caso. Por conta da pandemia do novo coronavírus, a audiência ocorreu por videoconferência.

Tiro acidental

O advogado do policial, Maxsuel Maia, informou que a defesa vai pedir a absolvição dele no júri popular. A alegação é que a morte de Erlane ocorreu após um tiro acidental dado pelo marido.

“Não defenderemos outra tese que não seja a tese do disparo acidental e nós vamos pleitear a absolvição perante o conselho de sentença. Não é que seja nossa tese principal, é a nossa única tese. Foi um fatídico episódio ocasionado por um disparo de arma de fogo”, afirmou Maia.

O servidor público permanece preso no Complexo Penitenciário de Rio Branco, desde o dia do crime. Ele chegou a ser internado no Hospital de Saúde Mental (Hosmac), mas a Justiça determinou que ele voltasse ao presídio.

Relembre o caso

Quenison Silva de Souza foi preso no dia 12 de março e indiciado por feminicídio por matar a companheira, Erlane Cristina de Matos, de 35 anos, com um tiro na cabeça. O crime ocorreu na noite de 11 de março na casa do casal no bairro Estação Experimental, na capital acreana.

À polícia, Souza afirmou que o tiro foi acidental. O policial foi denunciado pelo Ministério Público do Acre (MP-AC) à Justiça pelo crime de feminicídio.

A reportagem teve acesso a um relatório psicossocial feito por uma psicóloga do Tribunal de Justiça que aponta o seguinte:

“Seus sentimentos são de intensa dor e arrependimento no que diz respeito ao ocorrido. Se sente culpado e em extrema vergonha perante sua família e seus amigos. Não consegue aceitar que uma tragédia como essa teve sua pessoa como responsável, pois sempre foi muito responsável com sua arma e com suas obrigações de esposa e pai de família”.

Comentários

Flash

Gladson está entre os 11 governadores favoritos à reeleição, mostra levantamento do Poder 360

Publicado

em

Governador Gladson Cameli Foto: Marcos Vicentti/Secom

Luciano Tavares, do Notícias da Hora

Um levantamento do Poder 360 mostra Gladson Cameli entre os 11 governadores favoritos à reeleição em 2022. Detalhe: o levantamento do Poder 360 se baseia por pesquisas eleitorais de diferentes institutos feitas nos estados e registradas nos Tribunais Regionais Eleitorais. No Acre, os números são da Realtime/Bigdata e foram coletados nos dias 3 e 4 de março.

De acordo a pesquisa, Cameli seria reeleito com 44%. Jorge Viana (PT), que hoje está mais inclinado a ser candidato a senador, aparece com 22% na corrida pelo Palácio Rio Branco. Mara Rocha (MDB) tem 12%; Petecão (PSD), 7%; Jenilson Leite (PSB), 4%; Davi Hall (Agir) e Nilson Euclides (Psol) não pontuam. 6% votariam nulo e 5% não souberam responder.

A pesquisa quantitativa telefônica ouviu 800 pessoas. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos. E o nível de confiança de 95%.

A pesquisa foi registrada no dia 5 de março sob o número 04479/2022.

Foram entrevistadas pessoas de Rio Branco, Brasileia, Sena Madureira, Senador Guiomard, Plácido de Castro, Xapruri, Porto Acre, Cruzeiro do Sul, Feijó, Tarauacá, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo e Rodrigues Alves.

Comentários

Continue lendo

Flash

Símbolo nazista e ameaça de massacre mobiliza polícia

Publicado

em

Por Leônidas Badaró

A escola estadual José Ribamar Batista (conhecida como Ejorb), localizada no Aeroporto Velho,  vive uma sexta-feira, 20, tensa. É que há uma semana, foi descoberto em uma carteira de uma turma, o desenho de um símbolo nazista e a seguinte expressão: “Dia 20 será o massacre de EJORB”.

A suposta ameaça vazou entre os alunos e passou a preocupar os pais. A gestora da escola, Francicleia Barroso, acionou a polícia. “A gente chamou a polícia. Este ano decidimos que o que é competência da escola vai ser tratado pela escola, o que não for vai ser tratado pela polícia, que já tem uma boa parceria com a gente. Nos resguardamos, já que as famílias quando souberam, ficaram preocupadas e a polícia vai ficar aqui o dia todo”, afirma.

A diretora, mesmo achando se tratar de uma brincadeira de mau gosto, deixa claro que é preciso tomar providências. “Infelizmente, estamos vivendo um tempo onde as crianças estão adoecidas emocionalmente. As famílias precisam ensinar que isso não é brincadeira, isso é mexer com as emoções”, explica.

Francicleia deixa ainda um recado importante para os pais e mães. “Tudo é em função da família, que precisa cumprir seu papel e ser família. Não pode colocar essa obrigação na escola. As pessoas precisam olhar mais para seus filhos. Aqui não temos alunos perversos, temos pessoas carentes e isso aqui é  uma manifestação de chamar atenção. Toda a gestão não entendeu como alarme ou desespero, mas entendemos como gestão que acionar a polícia seria a forma correta para não gerar nenhum tipo de pânico”, explica.

Comentários

Continue lendo

Flash

Prefeitura de Epitaciolândia anuncia reajuste de 56,38% para agentes de Saúde e Endemias

Publicado

em

Prefeito Sérgio Lopes anuncia reajuste de 56,38% no piso nacional dos Agentes Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias, Conforme Emendaonstitucional nº. 120/2022, que prevê que o salário dos mesmos não pode ser inferior a dois salários mínimos, equivalente a 2.424,00, o prefeito Sérgio Lopes assinou o decreto concedendo o reajuste que vai dar um aumento de 56,38% para as categorias.

Segundo o prefeito, tão logo saiu à portaria ele já providenciou juntamente com a equipe financeira um planejamento para anunciar o pagamento do piso nacional.

“É por meio desses agentes que a população mais carente recebe orientações sobre comportamentos adequados para a preservação da saúde, bem como informações sobre riscos de doenças e epidemias, por tanto, essa valorização é muito importante, pois sabemos que será uma motivação há mais para continuarem prestando um excelente trabalho a nossa sociedade.” Destacou o prefeito Sérgio Lopes.

Comentários

Continue lendo

Em alta