Conecte-se conosco

Acre

Comitê recomenda carteira de vacinação e uso de máscaras para entrada de público na Expoacre

Publicado

em

Comitê de Acompanhamento Especial da covid-19 definiu com representantes, nesta sexta-feira (8), medidas a serem adotadas durante a Expoacre, Expojuruá, e no âmbito das escolas da rede estadual.

Público deve apresentar comprovante de 3ª dose da vacina contra a Covid-19 na Expocre, determina Comitê — Foto: Iryá Rodrigues/g1

O Comitê de Acompanhamento Especial da covid-19 no estado definiu, em reunião extraordinária realizada nesta sexta-feira (8), as medidas de prevenção que devem ser adotadas durante a Expoacre, Expojuruá, e no âmbito das escolas da rede estadual de educação.

A reunião contou com representantes da coordenação da Expoacre 2022, Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) e representantes do Conselho Estadual de Educação.

Dentre as determinações está a cobrança da carteira de vacinação, obedecendo o esquema vacinal por faixa etária.

  • Crianças de 5 a 11 anos devem comprovar ter tomado pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 17 anos devem apresentar comprovante de duas doses do imunizante;
  • Já pessoas com idade acima de 18 anos devem comprovar esquema vacinal com três doses.

Além disso, a obrigatoriedade do uso de máscara também deve ser mantida. Estado e município devem atuar em conjunto na fiscalização e em ações de prevenção.

O Comitê realizou uma reunião, nessa quarta (6) e definiu a volta da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados no Acre. Além disso, também ficou definido o retorno da cobrança das carteiras de vacinação em repartições públicas e eventos com grande número de pessoas. O uso da máscara era obrigatório no estado apenas em unidades de saúde e transportes coletivos.

Todas as medidas vão ser encaminhadas ao governo e, se forem acatadas, devem constar em novo decreto para regular as regras, por um período de até 30 dias, quando o comitê deve reavaliar a situação de saúde pública no Acre.

Após aumento de casos de Covid, uso de máscaras volta a ser obrigatório em locais fechados no Acre — Foto: Arquivo pessoal

Após aumento de casos de Covid, uso de máscaras volta a ser obrigatório em locais fechados no Acre — Foto: Arquivo pessoal

 

As recomendações valem para todas as pessoas que vão participar das feiras agropecuárias. As medidas consideram o aumento nos casos de covid e visam a segurança da saúde da população. Apenas em julho, já são 3.560 novos casos da doença confirmados. Número é bem maior do que o registrado durante todo o mês de junho, quando foram 1.084 infectados.

Ainda de acordo com a avaliação do comitê, o aumento no número de casos de covid e síndromes gripais acendeu o alerta para evitar que o número de casos aumente ainda mais. Apenas nesta sexta (8), 1.028 novos casos de Covid foram registrados, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre). O estado tem 12 mortes por Síndromes Gripais Agudas Graves registradas.

Mesmo com o aumento de casos, a chefia da Rede de Urgência e Emergência do Estado explicou que embora haja crescimento no número de novos casos, a hospitalização segue baixa e atenta para que a população não esqueça de se vacinar.

A UPA do Segundo Distrito de Rio Branco é a unidade de saúde referência tanto para casos de Covid quanto para os de síndromes gripais.

Na rede de atenção básica do município de Rio Branco, o teste de covid-19 continua sendo disponibilizado em todas as unidades de Referência em Atenção Primária (Uraps). Para casos de sintomas gripais a população deve procurar a Urap Maria Barroso. O Atendimento é das 7h às 22h.

Medidas em escolas do estado

 

Em relação Às escolas, segundo o Comitê, a realização de eventos está suspensa. Seguindo Nota Técnica da Fiocruz e orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS), as aulas presenciais continuam, desde que mantidos os cuidados com a higiene das mãos, isolamento de casos suspeitos, ou confirmados, e higienização dos espaços, quando necessário.

Comentários

Acre

Acre segue tendência nacional e tem saldo positivo na criação de novos empregos

Publicado

em

Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).
Foto: Amanda Perobelli – 29.mar.2019/Reuters

Segundo dados divulgados nas últimas semanas pelo Novo Caged, o Brasil, em agosto de 2022, apresentou saldo positivo na criação de novos empregos. De acordo com o assessor da presidência da Fecomércio-AC, Egídio Garó, no Acre, os números também foram positivos.

Em todo o País, houve a criação de novos empregos para 278.639 trabalhadores formais; a variação relativa com o mês anterior – julho – foi de 0,66%. Além disso, comércio e serviços representaram, das vagas geradas, 41.886 e 141.113 postos, respectivamente.

“Com base dos números apresentados pelo Novo Caged, nota-se com clareza que o setor de serviços está expandindo suas atividades, o que foi causado pela liberalização das atividades e, consequentemente, com a redução do número de casos observados em momento pós-pandemia”, explicou Garó.

Já no Estado acreano, em agosto de 2022, foram criados 858 novos postos de trabalho, em detrimento dos 364 postos ocorridos em agosto de 2021. Dos municípios acreanos, somente dois mais demitiram do que contrataram: Capixaba e Rodrigues Alves; os demais municípios apresentaram números positivos, tendo a capital Rio Branco a liderança do score, com 423 novos postos; seguida de Cruzeiro do Sul, com 136 postos e, Epitaciolândia, que gerou 69 novas vagas ao longo do mês de agosto.

“Tal qual observado no País, o comércio e os serviços puxaram esse resultado para cima, indicando que a recuperação do setor terciário representa, neste momento, uma quantidade expressiva de geração de emprego e renda”, finalizou Egídio.

Comentários

Continue lendo

Acre

Bombeiros combatem incêndio de grandes proporções em área de mata em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Por

Equipes dos bombeiros chegaram a ser acionadas no início da tarde, mas incêndio retornou e trabalho foi concluído já pela noite dessa segunda-feira (3). Área atingida foi de 4 hectares.

Bombeiros combatem incêndio de grandes proporções em área de mata em Cruzeiro do Sul — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

Um incêndio de grandes proporções em área de mata foi controlado após horas de trabalho do Corpo de Bombeiros nessa segunda-feira (4) na estrada ao lixão de Cruzeiro do Sul, bairro Santa Helena, no interior do Acre.

O local fica ao lado de várias casas, mas as chamas foram controladas antes de chegarem aos imóveis. A estudante Daniela das Chagas Silva, de 22 anos, mora na frente da área que pegou fogo e foi quem acionou os bombeiros.

“Nesse local fica uma bomba que a gente usa para pegar água e nosso medo era de o fogo atingir essa bomba, porque estava muito alto. Ontem [segunda,3] começou por volta das 14h, aí os bombeiros foram lá e apagaram, mas depois, umas 16h, começou de novo. Os bombeiros disseram que foi criminoso, mas não sabemos quem foi colocou fogo. Foi um susto grande. A equipe terminou o trabalho lá de combate já era à noite”, disse a moradora.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o combate foi feito com o uso de mangotinho do caminhão, dois abafadores e uma bomba costal. Ao todo, foram usados cerca de 3,5 mil litros de água na ação que evitou que as chamas atingissem duas casas e um galpão. A área de queima foi de aproximadamente quatro hectares.

Área atingida foi de 4 hectares em Cruzeiro do Sul — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

Área atingida foi de 4 hectares em Cruzeiro do Sul — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

Comentários

Continue lendo

Acre

Novo Caged: Acre segue tendência nacional e tem saldo positivo na criação de novos empregos

Publicado

em

Segundo dados divulgados nas últimas semanas pelo Novo Caged, o Brasil, em agosto de 2022, apresentou saldo positivo na criação de novos empregos. De acordo com o assessor da presidência da Fecomércio-AC, Egídio Garó, no Acre, os números também foram positivos.

Em todo o País, houve a criação de novos empregos para 278.639 trabalhadores formais; a variação relativa com o mês anterior – julho – foi de 0,66%. Além disso, comércio e serviços representaram, das vagas geradas, 41.886 e 141.113 postos, respectivamente.

“Com base dos números apresentados pelo Novo Caged, nota-se com clareza que o setor de serviços está expandindo suas atividades, o que foi causado pela liberalização das atividades e, consequentemente, com a redução do número de casos observados em momento pós-pandemia”, explicou Garó.

Já no Estado acreano, em agosto de 2022, foram criados 858 novos postos de trabalho, em detrimento dos 364 postos ocorridos em agosto de 2021. Dos municípios acreanos, somente dois mais demitiram do que contrataram: Capixaba e Rodrigues Alves; os demais municípios apresentaram números positivos, tendo a capital Rio Branco a liderança do score, com 423 novos postos; seguida de Cruzeiro do Sul, com 136 postos e, Epitaciolândia, que gerou 69 novas vagas ao longo do mês de agosto.

“Tal qual observado no País, o comércio e os serviços puxaram esse resultado para cima, indicando que a recuperação do setor terciário representa, neste momento, uma quantidade expressiva de geração de emprego e renda”, finalizou Egídio.

Comentários

Continue lendo

Em alta