A maior pena aplicada na história da segunda vara do Tribunal do Júri, em Rio Branco. Assim determinou a sessão dessa segunda-feira, 13, que durou quase 12 horas no julgamento que culminou na condenação de três pessoas. O trio é apontado por ter matado três jovens inocentes no dia 03 de Fevereiro de 2018.

O crime ocorreu durante um ataque a uma casa situada na rua Ademar de Barros, no Conjunto Novo Horizonte, região do Bairro Floresta, na capital acreana.

Cada um dos réus recebeu pena de 71 anos de prisão. Os acusados, Mateus Mendonça da Costa, Luiz Fernando Cruz e Lucas Freire de Lima foram condenados a 213 anos de prisão por triplo homicídio, tripla tentativa de assassinato e roubo. Segundo a condenação, eles ainda tentaram contra a vida de outras três pessoas. .

Ao Júri, o Ministério Público do Estado (MPE) comprovou que os três jovens mortos eram inocentes, já que segundo o órgão, o alvo dos criminosos eram os filhos e o genro de um traficante, que, a época, estaria preso.

Aos condenados, o juiz Alesson Brás ainda negou o direito de recorrer a decisão em liberdade.

Comentários