Conecte-se conosco

Cotidiano

Conmebol vai analisar imagem de torcedores do Corinthians rasgando dinheiro na Bombonera

Publicado

em

Unidade Disciplinar da Conmebol pode punir o Timão caso defina como necessário

A Conmebol, por meio de sua Unidade Disciplinar que julga casos passíveis de punições, vai analisar uma imagem em que torcedores do Corinthians rasgam notas de pesos argentinos na arquibancada da Bombonera, em Buenos Aires, na última terça-feira, em jogo da Libertadores.

Antes da partida que definiu a classificação do Timão às quartas da Libertadores, dois corintianos foram fotografados rasgando notas da moeda argentina.

A imagem foi repercutida pela imprensa local e, nesta quarta-feira, ficou decidido que ela será analisada pela entidade. A informação foi publicada por Marcel Rizzo, colunista do UOL, e confirmada pelo ge. Ainda não foi aberto um Expediente Disciplinar contra o Corinthians.

Torcedores do Corinthians rasgam cédula em jogo contra o Boca — Foto: Marcelo Endelli/Getty Images

Torcedores do Corinthians rasgam cédula em jogo contra o Boca — Foto: Marcelo Endelli/Getty Images

O que pode acontecer com o Corinthians? O Código Disciplinar da Conmebol aponta, no Artigo 7, as possíveis punições que um clube pode receber, que vão de multa até portões fechados. Já no Artigo 10.2 é onde aparece o caso em que o clube pode ser punido.

“2. As sanções disciplinares previstas no Artigo 7 deste Regulamento podem ser impostas às Associações Membro e aos Clubes em casos de comportamento incorreto

d) O uso de gestos, palavras, objetos ou outros meios para transmitir qualquer mensagem inadequada em um evento esportivo, principalmente se for de natureza política, ofensiva ou provocativa.”

No dia 24 de junho, a Conmebol multou o Corinthians em 30 mil dólares exatamente por uma “infração ao artigo 10.2 literal d”. Na ocasião, no jogo válido pela fase de grupos, na Bombonera, a punição se deu pelo mesmo motivo que o clube pode ser julgado agora.

“1º. IMPOR ao SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA uma multa de USD 30.000 (TRINTA MIL DÓLARES AMERICANOS) pela infração ao artigo 10.2 literal d) do Código Disciplinar da CONMEBOL. O valor desta multa será debitado automaticamente da quantia que o SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA receberá da CONMEBOL por direitos Televisivos ou de Patrocínio.”

Sede da Conmebol — Foto: Divulgação

Sede da Conmebol — Foto: Divulgação

Vale lembrar que a Conmebol já está no processo de julgamento dos casos de racismo que aconteceram em Corinthians x Boca na Neo Química Arena, no jogo de ida das oitavas de final. Um Expediente Disciplinar contra o time argentino já foi aberto por esse terceiro caso.

No primeiro, registrado na arena do Timão, no dia 26 de abril, ainda na primeira fase da competição, a punição ao Boca demorou quase um mês para acontecer. A pena foi de US$ 30 mil (cerca de R$ 143 mil na cotação atual).

Já no dia 17 de maio, o Corinthians visitou o Boca Juniors na Argentina e, novamente, foram gravados casos de racismo nas arquibancadas. A punição aconteceu no dia 25 de junho e foi de 100 mil dólares (cerca de R$ 524 mil na cotação atual) – o clube pode recorrer até este sábado.

Comentários

Cotidiano

Nos pênaltis, Rio Branco perde vaga nas quartas de final da Série D

Publicado

em

Na Marca da Cal

O Rio Branco-AC está eliminado da disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. Neste domingo (14), no estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL), pelo confronto de volta das oitavas de final diante do ASA-AL, o time acreano perdeu a classificação nas cobranças de pênaltis por 5 a 4, após novo empate sem gols contra os alagoanos. Diogo Vitor, Anderson Feijão, Thallyson, Zé Wilson e Didira marcaram os gols do ASA. O Rio Branco-AC fez com Ciel, Isaías, Negueba e Wanderson, mas desperdiçou uma cobrança com Ramon Santos.

Próximos jogos

O adversário do Asa-AL nas quartas de final será o Pouso Alegre-MG. A CBF ainda não divulgou as datas, horários e locais dos confrontos. Por outro lado, o Estrelão está eliminado e deve retornar as atividades somente no próximo ano, mas ainda irá aguardar pelo cancelamento da Copa Verde 2022.

Jogo

Com o estádio Coaracy da Mata praticamente tomado pela torcida do Asa de Arapiraca-AL, as equipes do Rio Branco e Asa-AL fizeram um início de partida bem brigado e com pouquíssima chances de gols.

Com um marcação mais alta que a esperada pelo time alagoano, o Rio Branco iniciou a partida dificultando bastante a saída de bola do Asa-AL.

Na primeira parte do jogo, a chance mais clara de gol foi a favor da equipe da casa. Anderson Feijão cobrou escanteio pelo lado direito e a bola sobrou livre na pequena área para o meia Diego Rosa, mas o atleta finalizou em cima do goleiro Evandro Gigante.

Nos acréscimos, o atacante Wanderson arriscou de fora da área, mas a bola passou perto do travessão, assustando o goleiro Renan Rinaldi.

Sem gols

O primeiro lance de perigo foi a favor do time alagoano. Michel se livrou da marcação e chutou rasteiro no canto esquerdo. O goleiro Evandro Gigante faz uma boa defesa e salvou o Rio Branco, aos oito minutos.

Com o Rio Branco mais retraído, o time alagoano era mais agressivo e buscava pressionar na busca do gol. Anderson Feijão bateu o escanteio, Marcão fez o corte. Na sobra, Xandu cruzou, Alysson Dutra cabeceou em cima do goleiro Evandro Gigante.

Recuado, o Rio Branco buscava encaixar uma bola contra um ASA-AL que pressionando desesperadamente na busca do gol, mas tinha dificuldade no último passe.

Com isso, as equipes ficaram novamente no empate sem gols e a decisão da vaga foi para as cobranças de pênaltis.

Pênaltis

Nas cobranças de pênaltis, o ASA foi mais eficiente e venceu por 5 a 4. O jogador estrelado Ramos Santos cobrou mal e isolou a bola sobre o gol do goleiro Renan Rinaldi. A última cobrança de pênalti foi efetuada pelo experiente meia Didira. O atleta cobrou bem e garantiu o Asa de Arapiraca-AL nas quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Semifinais da Libertadores 2022: datas e horários dos jogos

Publicado

em

Ge

A Conmebol divulgou nesta sexta-feira datas e horários das semifinais da Taça Libertadores 2022. A próxima fase terá três times brasileiros – Athletico-PR, Flamengo e Palmeiras – e um argentino – o Vélez Sarsfield.

Datas e horários dos jogos de ida:

  • 30/8 (terça) – 21h30 – Athletico-PR x Palmeiras – Arena da Baixada
  • 31/8 (quarta) – 21h30 – Vélez x Flamengo – José Amalfitani

Datas e horários dos jogos de volta:

  • 6/9 (terça) – 21h30 – Palmeiras x Athletico-PR – Allianz Parque
  • 7/9 (quarta) – 21h30 – Flamengo x Vélez – Maracanã

Dos quatro semifinalistas, somente o Athletico-PR nunca foi campeão da Libertadores. O Palmeiras tem três títulos (1999, 2020 e 2021), contra dois do Flamengo (1981 e 2019) e um do Vélez (1994).

A final da Libertadores será disputada no dia 29 de outubro, em partida única em Guayaquil (Equador).

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Em confronto de reservas, Flamengo goleia Athletico-PR por 5 a 0

Publicado

em

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Rubro-Negro e Furacão voltam a jogar na quarta pela Copa do Brasil

Mesmo jogando com a equipe reserva, o Flamengo goleou o Athletico-PR por 5 a 0, na tarde deste domingo (14) no estádio do Maracanã, para assumir a vice-liderança do Campeonato Brasileiro com 39 pontos, mas podendo ser ultrapassado pelo Fluminense, que ainda enfrenta o Internacional pela 22ª rodada.

Contando com o apoio de mais de mais de 62 mil torcedores, o Rubro-Negro foi muito superior na primeira etapa, finalizando 12 vezes diante de um Furacão que não chegou vez alguma com perigo.

Na segunda etapa a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior conseguiu finalmente abrir o marcador com jogadas de bola parada pelo alto. Aos 10 minutos Marinho cobrou escanteio e o zagueiro Fabrício Bruno subiu muito para cabecear no canto. Três minutos depois a jogada se repetiu, o camisa 31 levantou na área para gol de cabeça do defensor.

Aos 17 minutos o Flamengo chegou ao terceiro em jogada de contra-ataque. Matheuzinho recebeu lançamento de Cebolinha e foi derrubado pelo goleiro Anderson. Mas a bola sobrou para Ayrton Lucas, que não perdoou. O placar foi ampliado aos 26 minutos, após novo escanteio de Marinho, que terminou em cabeçada de Lázaro.

Mesmo com a vitória elástica, o técnico Dorival Júnior colocou em campo Pedro, Gabriel Barbosa e Arrascaeta. E a mudança fez efeito aos 46 minutos, quando o uruguaio cobrou escanteio para o camisa 21 deixar o seu.

Após a partida disputada no Maracanã, as equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira (17), na Arena da Baixada pela Copa do Brasil.

Triunfo do Tricolor

Outra vitória elástica da rodada foi do São Paulo, que bateu o Bragantino por 3 a 0 no estádio do Morumbi. Com a vitória construída com gols de Igor Vinícius, Calleri e Rodrigo Nestor, o Tricolor chegou à 10ª posição com 29 pontos. Para o Massa Bruta o revés representou a permanência na 8ª posição com 30 pontos.

Comentários

Continue lendo

Em alta