Conselheiros aprovam aumento de 42% para comissionados e 6,5% para efetivos do Tribunal de Contas do Estado do Acre

Da redação, com Jairo Carioca – ac24horas Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovaram um aumento de 42% nos salários dos cargos comissionados. O acordo pegou de...

SindicatoDa redação, com Jairo Carioca – ac24horas

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovaram um aumento de 42% nos salários dos cargos comissionados. O acordo pegou de surpresa o sindicato dos servidores que havia concordado com a proposta de 6,5% de aumento “sem saber do presente de natal que estava reservado aos apadrinhados”, disse Jeanine Rodrigues, presidente da categoria.

Os sindicalistas correm contra o tempo e estão na manhã de hoje (5) reunidos com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Elson Santiago, afirmando que não aceitam a proposta de aumento. O projeto de lei está pronto e deve chegar a Casa do Povo a qualquer momento.

“Não foi isso que negociamos com o presidente do TCE, queremos sentar novamente, a categoria decidiu não aceitar em hipótese nenhuma esse aumento para uma minoria e a alteração no artigo 14 do nosso plano que prejudica servidores que ocupam cargos comissionados”, acrescentou a presidente.

Com a proposta que será enviada para a Assembleia o salário do servidor efetivo sai de R$ 4.400 para R$ 4.700 enquanto que o salário do cargo comissionado pula de R$ 7.150 para R$ 10.200. “Basta ter quem indique, o famoso QI”, ressalta Jeanine.

Ainda de acordo a proposta aprovada pelos conselheiros, um analista com nível superior no final de carreira, após 30 anos de serviços, se aposenta com salário de apenas R$ 7.600. A presidente da categoria lembra que o trabalho dos servidores efetivos servem como base para os conselheiros decidirem sobre a situação de prefeitos dos 22 municípios do Acre.

“Eles é que vão à campo, investigam os prefeitos, as prestações de contas, fazem o trabalho que é fundamental do Tribunal”, defendeu Jeanine.

Comentários