Mesmo sem leitura do consumo de energia, conta chega ao consumidor no interior do Acre

Para redação do Alto Acre

O Conselho de Consumidores de Energia Elétrica no Acre, realiza neste sábado 06, na região do Alto Acre, uma audiência pública para discutir cobranças indevidas, principalmente para quem reside em ramais, onde mesmo não tendo o consumo aferido pela distribuidora a conta chega em suas residências.

Segundo o Presidente do Conselho de Consumidores, Ivan de Carvalho, não é justo o usuário pagar pelo que não consumiu.

“Como há muitos ramais onde o leiturista não entra, a empresa de energia vem fazendo tipo uma estimativa de consumo e emite a fatura. Há casos onde o morador sequer esteve fazendo uso de energia em sua casa e a conta vem sempre o mesmo valor
Queremos corrigir isso”, diz Carvalho.

Além de representantes da empresa Energisa, responsável pela distribuição do setor elétrico, a audiência pública vai contar com a participação de prefeitos dos municípios de Epitaciolândia, Brasileia, Assis Brasil, vereadores e associações de moradores.

O principal entrave diz Ivan de Carvalho, é discutir de quem é a responsabilidade na abertura de ramais para que os leiturista da conta de energia possam ter acesso e fazer as aferição do consumo de forma correta.

“Estamos envolvendo a sociedade e autoridades para encontrar uma solução. O nosso papel é ser justo, tanto para a empresa que distribui a energia como também para o consumidor. O que não pode é alguem pagar mais ou menos por aquilo que não consumiu”, finaliza Carvalho.

 

Comentários