A viagem de Bocalom e Ulysses pelo interior do Acre deve terminar nesse primeiro momento no próximo dia 31.

Bocalom e Ulysses pelo interior do Acre deve terminar no próximo dia 31
SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

O pré-candidato ao governo do Acre, Coronel Ulysses Araújo, que até ontem estava indeciso por qual partido iria se lançar na disputa das eleições este ano, disse que definitivamente chegou a um denominador comum e o seu nome ao governo será mesmo representado pelo Democratas (DEM), de Tião Bocalom, que vai concorrer a uma vaga na Câmara Federal.

A decisão final, segundo Ulysses, aconteceu exatamente no momento em que ele percorre junto com Bocalom os municípios do Vale do Juruá desde a última quinta-feira (18).

_____________________________________

Eu sairia candidato ao governo de qualquer jeito, seja por qual partido fosse, mas agora afirmo que não tem mais volta, o Democratas é o meu partido, com o DEM que vamos caminhar juntos e chegar ao governo”, afirmou Ulysses

_____________________________________

Ainda segundo Ulysses, que nas primeiras pesquisas já aparece bem cotado nas intenções de voto para governo, após a peregrinação que faz pelo Juruá afirmou: “Não restam mais dúvidas que a aceitação do meu nome está mais solidificada do que nunca. O Bocalom é um nome limpo, todo mundo sabe disso e não tem quem conteste onde a gente passa. Com o reconhecimento dele me apresentando à população, eu vejo o carinho com que as pessoas me acolhem. Eu sairia candidato ao governo de qualquer jeito, seja por qual partido fosse, mas agora afirmo que não tem mais volta, o Democratas é o meu partido, com o DEM que vamos caminhar juntos e chegar ao governo”, afirmou Ulysses.

A viagem de Bocalom e Ulysses pelo interior do Acre deve terminar no próximo dia 31. Além dos municípios do Vale do Juruá, Jordão, Santa Rosa, Manoel Urbano e Mâncio Lima, na volta pela BR-364, os dois pré-candidatos devem passar também por Tarauacá, Feijó e Sena Madureira.

Comentários