O candidato a governador, Coronel Ulysses Araújo (PSL), propôs zerar a fila de espera para exames e cirurgias durante a visita realizada no Bairro Belo Jardim, neste domingo (9). A mobilização foi retomada no sábado depois da interrupção da agenda de campanha na quinta e na sexta-feira devido ao atentado contra o futuro presidente Jair Bolsonaro.

O candidato propôs a mudança na forma de administrar a Saúde, cortando os desperdícios e contratando, por meio de concurso público, mais profissionais, aumentando a quantidade de atendimentos. Na visita, encontrou eleitores que reclamaram da demora em serem atendidos nos serviços oferecidos pelo atual governo.

“Vamos otimizar os trabalhos para que a população possa ter maior agilidade no atendimento para que o paciente tenha o tratamento que precisa. Vamos realizar cortes das despesas desnecessárias e abrir vagas, além de buscar alternativas legais para garantir o emprego dos atuais trabalhadores”, explicou o candidato de Bolsonaro no Acre.

Coronel Ulysses afirmou ainda que em seu mandato buscará incentivar a geração de emprego, evitando que mais jovens sejam perdidos para o mundo do crime.

No sábado, o candidato e apoiadores estiveram na Seis de Agosto e na Transacreana, pedindo voto para moradores e comerciantes.

A mobilização contou com a participação do candidato a vice-governador, Réssini Jarude, o candidato ao Senado, Paulo Pedrazza, e de candidatos a deputado estadual e federal.

Comentários