André morreu antes da chegada dos socorristas devido a distancia e o principal suspeito está foragido.

Uma festa realizada numa escola localizada com acesso pelo km 59, com mais 24km de ramal, terminou com uma tragédia que possivelmente já havia sido premeditada. O jovem André Oliveira da Silva (23), perdeu sua vida de forma trágica sem direito a chance de defender.

Jovem teria se envolvido com ex-companheira de seu algoz e vinha recebendo ameaças.

Segundo foi levantado, o mesmo teria sido ameaçado pelo ex-companheiro da sua atual namorada, onde leva a crer que não vinha aceitando o fim do relacionamento e nem a queria outro homem. Quando soube teria feito ameaças de morte contra o jovem, mas, que não teria levado a sério.

André resolvei ir a festa da escola na Comunidade. Em dado momento, por volta das 22h00, um professor percebeu que o jovem estava ferido na região do abdômen e prestou socorro no local. Mas, devido a distancia e sem poder chamar socorro, a vítima foi a óbito no local.

As autoridades foram comunicadas sobre o fato, mas chegaram horas depois, sem nada poder ter feito para salvar André. O suspeito, conhecido por Alessandro, vulgo “Amarelo”, fugiu do local tomando rumo ignorado e está sendo procurado pelas policias.

O corpo foi levado para o necrotério da cidade, onde seria encaminhado ao IML para os procedimentos de praxe, e depois ser entregue aos familiares para o sepultamento.

Se desconfia que André teria tentado se defender até ser atingido mortalmente no abdômen.

Comentários