brasao_acre_notas_oficiais

A Defesa Civil Nacional reconheceu o pedido de situação de emergência enviado pela prefeitura de Tarauacá em razão da cheia causada pelo transbordamento do Rio Tarauacá. A decisão deve ser publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 20.

Cerca de 70% da cidade foi atingida pela enchente, afetando mais de dezessete mil pessoas. Governo e prefeitura mobilizam secretarias de governo e voluntários para atuar na retirada das famílias, prestar apoio nas áreas de saúde, assistência social e na distribuição de alimentos. Ao todo, 151 profissionais, entre militares e civis, compõem a equipe que presta assistência às vítimas.

O decreto de situação de emergência foi assinado pelo prefeito Rodrigo Damasceno, domingo, 16, com base no agravamento da situação, considerada anormal, provocada pelo desastre natural. Os danos e prejuízos implicam o comprometimento da capacidade de resposta do poder público. Declarar o município em situação de emergência é uma forma de desburocratizar a ação do poder público.

O reconhecimento da situação de emergência garante o acesso a recursos federais e estaduais de forma imediata para remediar os efeitos da enchente, como no auxílio aos desabrigados e futuras ações preventivas.

Comentários