Dentre as moções mais importantes, destaca-se ao jornalista Deise Leite, proposta pelo deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB)

Os deputados estaduais se reuniram logo após a sessão desta quarta-feira (3), no plenário da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), para votar moções de aplausos e dois projetos de autoria do Poder Executivo.

O primeiro projeto votado e aprovado por 20 votos favoráveis, foi o PL n° 2 que altera a Lei Complementar sobre a contratação temporária de pessoal para atender as necessidades por tempo limitado de excepcional interesse público.

Entre as moções destaca-se a concedida ao jornalista Deise Leite, proposta pelo deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), pelos relevantes serviços prestados ao esporte.

No entanto, no segundo ato governamental, que solicitava a revogação da indicação do nome de Mayara Cristine Bandeira de Lima, que foi nomeada no início do ano para a presidência da Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Acre (Ageac), os deputados reprovaram a matéria por 22 votos, alegando que o governo deveria ter mandado o nome da indicada para análise em plenário.

Comentários