astrio“As redes sociais têm uma linguagem direta. É o fim das ditaduras, até no Oriente Médio”. A frase é do líder do governo na Aleac, deputado Astério Moreira (PEN). O pensamento do parlamentar expressa a força que as redes sociais têm de mobilização. Recentemente uma série de manifestações tem sido desencadeada por todo o país. Moreira salientou que os políticos devem ouvir as vozes que vêm das ruas.

De acordo com o governista, há uma insatisfação popular com a classe política em todo o país. “Elas [as manifestações] traduzem uma insatisfação do povo brasileiro com todos. Temos de ter a humildade e a consciência de reconhecer que na política não estamos dando a resposta satisfatória à população”. E acrescentou: “ou mudados ou seremos mudados”, disse o parlamentar. O parlamentar deixou um sentimento de mudança para o país. “Todo dia é dia de um novo começo. A população está dando o recado. Que este país mude e que este Estado mude”, finalizou o parlamentar.

O primeiro secretário da Mesa Diretora, deputado Ney Amorim (PT), disse ser legítimo o movimento liderado pela juventude brasileira, mas ressaltou que a oposição não pode se apropriar do movimento, aqui no Acre, para atacar o governo de Tião Viana (PT). “Entendemos que é justo o povo ir às ruas. O que não podemos admitir é que a oposição ataque o nosso governo. É um movimento legítimo que começou nas redes sociais e é totalmente apolítico”, finalizou.

A Gazeta

Comentários