O detento Antonio Eladio Gaspar da Silva, de 41 anos,  foi encontrado morto nas dependências da cela 17, pavilhão C, do Complexo Penitenciário Dr. Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco, na madrugada deste domingo, 8.

img_proporcionalDe acordo com informações repassadas por agentes penitenciários, a vitima teria sido estrangulada por colegas de cela devido ele ser acusado de estuprar um mulher em Cruzeiro do Sul, no ano de 2006. O corpo de Antonio Eladio foi encaminhado ainda durante a madrugada para o Instituto Médico Legal.

Antonio havia sido preso  recentemente por se envolver em uma briga na cidade de Bujari, cidade localizada a cerca de 28km da capital Rio Branco. Ao verificar os antecedentes dele, a policia descobriu que havia uma ordem de prisão expedida pela Comarca de Cruzeiro do Sul, desde 2006, sob a acusação de estupro.

Segundo informações dos Agepens, Eladio teria ingressado no presidio de Rio Branco no último dia 29 de outubro.

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC) informou que todos os procedimentos administrativos e criminais estão sendo providenciados para elucidar e punir os responsáveis pelo episódio que resultou na morte do reeducando.

O Iapen/AC explicou ainda que vítima estava no regime provisório e aguardava julgamento da Justiça.

Com informações do ac24horas.com

Comentários