Homem ainda não foi identificado. Autoridades e familiares estão atrás do corpo – Foto/Captura

O homem aparentando ter entre 20 e 30 anos, aparece sendo filmado por celular falando onde mora e que estaria saindo de um grupo criminoso e entrando em outro em poucos segundos de vídeo. Talvez, não sabia que estava para ter uma morte brutal.

No segundo vídeo, as cenas mostram que a barbárie já tem começado. Enquanto um filma, um segundo utilizando de uma faca corta o pescoço da vítima. São pouco mais de dois minutos de monstruosidade contra o ser humano.

As filmagens correm grupos de WhatsApp e dividem opiniões. Segundo foi comentado, o rapaz teria saído na quarta-feira, dia 15, após ser chamado para um possível encontro por uma mulher e não mais retornou.

O bairro onde morava seria o Vila Acre, Loteamento Sol Nascente. Os familiares ainda não teriam localizado o corpo e a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) informou que está investigando o caso junto com a Polícia Civil, para identificar e prender os envolvidos.

As imagens do segundo vídeo onde aparece a decapitação do homem não serão publicados, por conter imagens fortes.

Veja vídeo.

Comentários