Conecte-se conosco

Flash

DNIT destaca Anel Viário de Brasiléia como a grande obra de 2021 no Acre

Publicado

em

 

Anel viário de Epitaciolândia e Brasiléia é obra estratégica para o tráfego na Rodovia Interoceânica, no acesso ao Peru

O estado tem 100% da malha rodoviária federal coberta com contratos de manutenção

Em 2021, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciou as obras do Anel Viário de Brasiléia e Epitaciolândia, na BR-317, no Estado do Acre. Para o órgão, o empreendimento vai beneficiar vários municípios da região do Vale do Alto Acre e os serviços são realizados por meio de uma parceria entre o governo federal e o governo do Estado.

O investimento, de mais de R$ 60 milhões, é 100% disponibilizado pelo DNIT. Desse valor, cerca de R$ 57 milhões são destinados para projetos e obras. O restante vai para supervisão dos trabalhos.

O anel viário de Epitaciolândia e Brasiléia é considerado uma obra estratégica para o tráfego na Rodovia Interoceânica, no acesso ao Peru. O empreendimento visa à integração econômica e social dos países da América do Sul e vai facilitar o comércio do Acre e de todo o país com a Ásia, por meio dos portos peruanos.

A obra prevê 10 quilômetros de estrada contornando os dois municípios, além de uma ponte, de pista simples, com acostamento e passeio, de 250 metros sobre o rio Acre. O projeto retira, do tráfego nas cidades, os veículos de carga que fazem exportação pela BR-317, preservando as vias urbanas e melhorando a qualidade de vida na região. Além de facilitar o tráfego, a ponte deve beneficiar mais de 50 mil habitantes e movimentar a economia na região, com a geração de emprego e renda.

Outro destaque no Acre, em 2021, foi a conclusão da restauração total, com aplicação de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), de 52 quilômetros de pista na BR-317, localizados nos 12 segmentos mais críticos da rodovia. A BR-317 se inicia na divisa do Estado do Acre com o Amazonas e vai até a divisa do Brasil com o Peru, nas cidades de Assis Brasil e Iñapari, no Peru, com 407,90 km de extensão.

Com relação ao turismo, a BR-317 cumpre função importante para visitantes que pretendem conhecer a Amazônia e os Andes, além das cidades de Cuzco e de Machu Picchu, no Peru.

Mais uma ação importante realizada em 2021 foi a efetivação dos serviços de recomposição de aterros e dispositivos de drenagem da BR-364. O DNIT garantiu a manutenção do tráfego na rodovia até Cruzeiro do Sul, com recomposição célere de pontos de rompimento.

E no último ano, o DNIT também iniciou no Acre os trabalhos nos primeiros contratos do novo Programa Nacional de Sinalização e Segurança Rodoviária (BR-Legal 2). As rodovias federais contempladas foram a BR-307, a BR-317 e a BR-364, em um total de 1.177,6 quilômetros de extensão. O BR-Legal 2 busca garantir a continuidade dos serviços, a qualidade da sinalização e o nível de satisfação dos usuários, com o objetivo principal de aumentar a segurança das rodovias federais brasileiras.

Comentários

Flash

Com vacinação números de casos de covid-19 e internações estão em queda em Brasileia

Publicado

em

Foto: Danna Anute Agência de Noticias do Acre

Com uma cobertura vacinal de covid-19 de mais de 62,35% por centos dos brasileenses o Boletim do Covid-19 de Brasileia divulgado no final da tarde desta sexta-feira,28, pela Secretaria de Municipal de Saúde. Mostra uma queda cerca de 73% em 24 horas do número de novos casos confirmados de corona vírus saindo de 20 casos na quinta-feira,27, para 09 casos hoje. Atualmente o município tem 3.496 casos desde o início da pandemia em 2020.

Já o número de internações no Hospital Regional do Alto Acre por causa da doença que até quarta-feira,26, eram quatros pacientes, nesta sexta-feira zerou e não há até o fechamento dessa edição registros de novas internações por causa do Covid-19 na unidade hospitalar.

Ainda de acordo com o boletim municipal da saúde do Covid-19. Mostra também que Brasileia tem 92 casos em ánalise, 9.747 casos notificados suspeitos, 6.338 casos descartados, 3.112 curados e 44 óbitos deste o início da pandemia.

As autoridades de saúde e a Prefeitura de Brasileia pedem para população ficarem em estado de alerta contra o corona vírus e se vacinarem e não se descuidar dos cuidados sanitários como o uso de máscaras facial,  álcool em gel, e distanciamento social.

 

Comentários

Continue lendo

Flash

Deputado Antônio Pedro reúne-se com equipe do Deracre e recebe a garantia que construção da ponte do Sibéria começa em fevereiro.

Publicado

em

O deputado estadual Antônio Pedro (DEM) reuniu-se nesta sexta-feira, 28, com a equipe técnica de planejamento do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre). Na pauta, a construção da ponte ligando o bairro Sibéria e o Centro, no município de Xapuri.

De acordo com a equipe do Deracre, o contrato com a empresa responsável pela obra já foi assinado e até o mês de fevereiro o governo do Estado anuncia o início da construção da ponte.

“Todos são sabedores que há muito tempo eu venho pedindo por essa obra e, graças a Deus, o governador Gladson Cameli tem procurado atender todos os anseios da população. É uma vitória para o povo de Xapuri, pois trata-se de um sonho antigo dos moradores do bairro Sibéria. Fico feliz com essa notícia, especialmente, por tratar-se da minha primeira demanda na Assembleia Legislativa, ainda 2015”, disse o deputado.

E acrescentou: “em muitos momentos as pessoas me diziam que não ia se concretizar, que a ponte não ia sair e, hoje, celebramos mais uma etapa vencida. Não desisti da luta, avançamos e logo mais o projeto sairá do papel. Agradeço ao governador Gladson que não esqueceu da nossa cidade e do nosso povo”, finalizou.

Comentários

Continue lendo

Flash

MPAC e Segurança Pública deflagram Operação Tempestade

Publicado

em

Agência de Notícias do MPAC

Gaeco e Segurança Pública cumprem mais de 120 mandados no Acre — Foto: Asscom/MP-ACNa manhã desta sexta-feira, 28, o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em parceria com a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública, deflagrou a Operação Tempestade, visando dar cumprimento a 126 mandados expedidos pela Vara de Delitos de Organização de Criminosa.

Essa é uma das maiores operações do Gaeco nos últimos anos, e a sua origem se deu a partir da análise de documentos apreendidos em operação anterior, quando foram identificadas lideranças da organização criminosa “Comando Vermelho” com alto grau hierárquico, responsáveis pelos núcleos de cadastramento, contabilidade, e pagamento de “biqueiras” (pontos de venda de drogas).

Estão sendo cumpridos 81 mandados de prisões preventivas e 45 mandados de busca e apreensão em Rio Branco, bem como nos municípios de Sena Madureira, Porto Acre, Brasiléia, e Cruzeiro do Sul. Também há mandados a serem cumpridos nos presídios Francisco de Oliveira Conde, na capital, Moacir Prado, em Tarauacá, e no Complexo Anísio Jobim, em Manaus (AM).

Ao todo, mais de 150 policiais militares foram empregados na realização da Operação Tempestade, incluindo o apoio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, com emprego do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), além de promotores de Justiça do Gaeco e servidores do MPAC.

Mais de 150 policiais estão empenhados na operação nesta sexta-feira (28) — Foto: Asscom/MP-AC

Operação Tempestade

O nome da Operação foi escolhido devido à magnitude da área de cumprimento dos mandados, incluindo diversos municípios do Acre, com extensão de Rio Branco a Cruzeiro do Sul, além do que, o período da deflagração corresponde àquele propenso para maior possibilidade de chuvas fortes no estado.

 

Comentários

Continue lendo

Em alta