Dois casos da influenza H1N1 foram registrados em Rio Branco, no Acre, este ano, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). A transmissão da gripe, conhecida de gripe suína, ocorre por contato direto com os animais ou com objetos contaminados e de pessoa para pessoa, por via aérea ou por meio de partículas de saliva e de secreções das vias respiratórias.

Esse tipo de gripe é considerada sazonal. Os dois pacientes com a doença no Acre foram internados e saíram do quadro clínico. O estado realiza através das unidades sentinelas, o monitoramento dos vários tipos de influenza no estado.

Toda semana são coletadas cinco amostras de pacientes com síndrome gripal, para saber os tipos de influenza que circulam no estado. Os principais tipos encontrados no estado são os vírus A, B, VSR (Vírus Sincicial Respiratório), Adenovírus e Pneumovírus.

Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes. No entanto, requer cuidados especiais a pessoa que apresentar febre alta, acima de 38º, 39º, de início repentino, dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações, irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço e inapetência. Em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia.

Com informações do ac24horas

Comentários