Conecte-se conosco

Flash

“É preciso que as pessoas entendam que devem tomar a vacina”, diz Gladson Cameli, em solenidade na Biblioteca Pública

Publicado

em

Às vésperas de completar a chegada ao Acre de um milhão de doses para a imunização contra Covid-19 , governador fez apelo para que as pessoas que ainda não se vacinaram procurem os postos de saúde

Nas celebrações do 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil, o governador do Acre, Gladson Cameli, optou por um discurso de união entre os poderes, e de responsabilidade entre as pessoas, para que a vacinação contra a Covid-19 continue reduzindo os índices de mortes e de novas contaminações pelo coronavírus no estado.

Gladson Cameli discursa na solenidade do Dia da Independência do Brasil, nesta terça-feira; governador fez apelo para que pessoas compareçam à vacinação. Foto: Neto Lucena/Secom

“Independência significa liberdade e liberdade significa responsabilidade. Só podemos ser livres realmente se tivermos responsabilidade com os nossos atos. Então o Brasil, para continuar a ser livre e independente, precisa da responsabilidade de cada um de nós, pela nossa vida e pela vida dos nossos semelhantes”, afirmou Cameli, em cerimônia organizada pelo governo em frente à Biblioteca Pública, em Rio Branco, onde se deu o hasteamento do Pavilhão Nacional.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, deputado Nicolau Junior; o governador do Acre, Gladson Cameli; e a desembargadora-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre, Waldirene Cordeiro; no hasteamento do Pavilhão Nacional. Foto: Neto Lucena/Secom

Mesmo com uma queda substancial no número de casos positivos, de internações e de mortes decorrentes da Covid-19 no Acre, o governo do Estado continua alerta e optou por realizar ato solene sem a presença massiva da população e do tradicional desfile cívico-militar. E, pelo significado histórico e com todo o sentimento de patriotismo, o governador fez questão de convidar os chefes de poderes, autoridades das Forças Armadas no Acre e secretários para a cerimônia.

 Governador Gladson Cameli posa para a foto com família que esteve prestigiando a cerimônia de celebração do Dia da Independência do Brasil. Foto: Neto Lucena/Secom

O governador lembrou que todos precisam ser também responsáveis para que a contaminação seja reduzida a zero e exortou a população que ainda não se vacinou a comparecer ao mutirão da vacinação, realizado na Biblioteca Pública.

Governador Gladson Cameli com autoridades na solenidade do Dia da Independência do Brasil, nesta terça-feira. Foto: Neto Lucena/Secom

“Precisamos ter responsabilidade com a nossa saúde e a pandemia de Covid-19 mostrou a importância de ter um sistema de saúde eficiente para salvar vidas. Por isso, criamos dois hospitais permanentes para atender as vítimas dessa terrível doença e realizamos todos os esforços possíveis para trazer as vacinas necessárias e imunizar a população”, ressaltou Gladson Cameli, num breve retrospecto.

Governador Gladson Cameli conversa com mãe que compareceu ao mutirão da vacinação, na Biblioteca Pública. Foto: Neto Lucena/Secom

“Agora, é preciso que as pessoas entendam que devem tomar a vacina. Estamos chegando a um milhão de doses disponíveis, mas chega de pauta negativa. Chega de interrogações. Venham se imunizar para que possamos acabar logo com esse mal”, completou o chefe do Executivo estadual.

Grupo Som da Madeira em apresentação especial na solenidade de 7 de Setembro. Foto: Neto Lucena/Secom

Na ocasião, Gladson Cameli sancionou também a lei 3.688, de incentivo à leitura e à escrita, que foi seguida de apresentações culturais selecionadas pela Fundação Elias Mansour. Os artistas Mariana Ravena, que é educadora musical, e o multi-instrumentista Paulo Nobre apresentaram as canções Aquarela do Brasil, de Ary Barroso, Seringueiro, de Tião Natureza, e Canto das Três Raças, de Mauro Duarte e Paulo César Pinheiro, composição que se popularizou na voz de Clara Nunes. Ainda na parte cultural, o grupo de chorinho Som da Madeira deu o tom.

Governador Gladson Cameli cumprimenta integrante da Polícia Rodoviária Federal presente à solenidade. Foto: Neto Lucena/Secom

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Regional do Acre, Luiz Felipe Aragão, também apresentou o projeto de construção do Memorial às Vítimas da Covid-19, idealizado pelo governo Gladson Cameli, com investimento de R$ 350 mil, a ser edificado em frente ao Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Estado do Acre, o Into-AC.

Veículos da polícia em comboio cívico na Avenida Getúlio Vargas; por causa da pandemia de Covid-19, por dois anos não há desfile de pessoas de instituições no Acre. Foto: Neto Lucena/Secom

“Essa é uma ação solidária para preservar a memória dos acreanos que perderam a vida por causa do novo coronavírus e, assim, oferecer um lugar comum de luto e de homenagens”, disse o secretário, mostrando imagens que foram transmitidas em um telão para o público.

Banda Furiosa, da Polícia Militar do Estado do Acre, abrilhantou solenidade, nesta terça-feira, 7, em frente à Biblioteca Pública. Foto: Neto Lucena/Secom

Ao fim do evento, os presentes assistiram ao comboio motorizado das polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros. Também participaram da solenidade a primeira-dama Ana Paula Cameli, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, Nicolau Junior; a presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre, Waldirene Cordeiro; o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom; o presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, N. Lima; e a deputada federal Jéssica Sales, além da procuradora-geral de Justiça do Ministério Público, Kátia Rejane Araújo; a defensora pública-geral, Simone Santiago; o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Getúlio Gomes; e representantes do Exército Brasileiro, da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira.

Veja mais fotos

 

Comentários

Flash

Em Xapuri, PRF detém van com 31,5 kg de cocaína adquirida na Bolívia

Publicado

em

A Polícia Rodoviária Federal fez uma apreensão de mais de 31 quilos de cloridrato de cocaína durante abordagem nesta quinta-feira (20) na região de Xapuri.

Equipe de policiais destacada para o município de Xapuri para a Operação São Sebastião, que tem o objetivo de reforçar o policiamento na região em função das comemorações do dia do Santo padroeiro da cidade, fazia abordagens em frente à Unidade Operacional quando deu ordem de parada a uma Van, de cor branca, que se dirigia em sentido de Rio Branco.

Imediatamente após a parada, os policiais já notaram um comportamento muito nervoso do motorista, com gestos e respostas fora dos padrões, motivando uma busca dentro do veículo à procura de ilícitos.

A droga estava escondida no forro do compartimento de carga do veículo e foi preciso uso de ferramentas para desmontagem de parte da estrutura para ter acesso ao local em que o ilícito estava escondido. Após a minuciosa busca, os policiais encontraram um total de 31,5 kg de cocaína.

Aos policiais o motorista informou que pegou a droga no país vizinho. “Diante destes fatos, os policiais detiveram o motorista e o encaminharam para a Delegacia da Polícia Federal de Epitaciolândia, juntamente com o veículo e a droga, para os procedimentos legais para o crime de tráfico internacional de drogas”, informou a PRF.

Comentários

Continue lendo

Flash

Governo convoca candidatos para o teste de aptidão física do ISE

Publicado

em

O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão do Acre (Seplag) e do Instituto Socioeducativo do Estado do Acre (ISE), divulga o Edital nº 012 Seplag/ISE, publicado no Diário Oficial desta quinta-feira, 20, com a convocação dos candidatos para realização da prova de aptidão física (Paf) para o concurso do ISE, referente ao Edital nº 001 Seplag/ISE, de 4 de outubro de 2021.

Participarão desta fase os candidatos aprovados dos cargos de Agente Socioeducativo – Masculino e Agente Socioeducativo – Feminino. As provas serão realizadas em Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

Os candidatos inscritos na 1ª fase das cidades de Brasiléia, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Rio Branco, realizarão o teste em Rio Branco, no Ginásio do Sesi, localizado na Rua Projetada, nº 155, bairro Conjunto Manoel Julião, na segunda-feira, 31 de janeiro de 2022.

Já os candidatos das cidades de Cruzeiro do Sul, Feijó, Jordão, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Tarauacá, realizarão o teste em Cruzeiro do Sul, na Vila Olímpica, localizada na Estrada do Aeroporto, km 10, bairro São Cristóvão, no domingo, 6 de fevereiro de 2022.

O candidato convocado para a prova de aptidão física deverá apresentar-se munido de atestado médico nominal, emitido com, no máximo, 30 (trinta) dias de antecedência da data da sua prova, devidamente assinado e carimbado pelo médico, constando visivelmente o número do registro no Conselho Regional de Medicina do mesmo, em que certifique especificamente estar o candidato Apto a realizar esforço físico, conforme modelo constante no anexo VI do edital de abertura do certame. O candidato que deixar de apresentar atestado, ou não apresentá-lo conforme especificado, não poderá realizar a etapa, sendo considerado inapto.

A lista completa com os dados dos convocados, bem como todas as orientações para a realização da prova de aptidão física, pode ser acessada por meio do link.

Comentários

Continue lendo

Flash

Gladson Cameli agradece a delegados por bons resultados e anuncia investimentos para Polícia Civil

Publicado

em

Na manhã desta quinta-feira, 20, o governador do Acre, Gladson Cameli, reuniu-se com delegados no auditório da Polícia Civil, em Rio Branco, para agradecer pelos bons resultados alcançados na elucidação de crimes contra a vida durante o ano de 2021.

Governador Gladson Cameli agradeceu pelos bons resultados alcançados na elucidação de crimes contra a vida durante o ano de 2021. Foto: Diego Gurgel/Secom.

Durante a reunião, a Polícia Civil apresentou índices de resolutividade de crimes de homicídio, chegando ao patamar de 68,57%, ficando acima da média nacional, que é de apenas 20%. Outro dado expressivo de resolutividade é o de feminicídios, em que o estado atingiu o patamar de 100% de elucidação desse tipo de crime desde o ano 2017.

O governador enalteceu o trabalho realizado pela Polícia Judiciária e falou da valorização dos profissionais.

Gladson enalteceu o trabalho realizado pela Polícia Judiciária e falou da valorização dos profissionais. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Não adianta somente o governo investir e não valorizar o servidor. O que me chama a atenção é o amor que cada agente, cada perito, cada delegado, que cada servidor que compõe o quadro da Polícia Civil tem pela profissão. Tenho dito em minhas falas, por onde passo, que tenho orgulho das nossas polícias, que cumprem seu juramento e o que prevê a Constituição Federal”, disse Cameli.

Anúncio do pacote de obras

Na mesma oportunidade, o governador anunciou um pacote de obras estruturantes para a Polícia Civil, com início ainda no mês de janeiro. O investimento, na ordem de R$ 4,3 milhões, irá contemplar unidades de Polícia Civil da capital e do interior com reforma, ampliação e revitalização dos espaços, para melhor atender à população.

O total de investimentos vai amplificar a oferta de espaços adequados para atendimento ao público, com salas específicas de atendimento à mulher vítima, além de salas para acolhimento de crianças e adolescentes, como é o caso da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e de Proteção à Criança e ao Adolescente (Dempca) e da Delegacia-Geral, ambas em Cruzeiro do Sul, obras entregues à população no fim do ano passado. Outra unidade que recebeu a intervenção de reforma foi a Delegacia-Geral de Capixaba, em obra entregue à população com espaços revitalizados para atendimento ao público.

Chefe do Executivo, ao lado do delegado-geral de Polícia Civil, Josemar Portes,  abordou a preocupação do governo em proporcionar as condições necessárias para o bom desempenho do servidor. Foto: Diego Gurgel/Secom.

As intervenções de reforma e de ampliação, bem como a construção de unidades policiais estão previstas no cronograma do Programa de Reestruturação das Unidades de Polícia Civil (Prupc). Na capital, por exemplo, a Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic) e a Delegacia de Flagrantes (Defla) estão recebendo investimentos do governo do Estado. A Delegacia-Geral de Manoel Urbano também está em pleno fluxo de obras e em breve essas unidades serão reinauguradas pelo governador Cameli e entregues à população.

O chefe do Executivo abordou a preocupação do governo em proporcionar as condições necessárias para o bom desempenho do servidor. “Estamos com mais de 16 obras espalhadas no estado, para adequação, melhoramento e recuperação predial de delegacias e de ambientes de trabalho, assim como a renovação da frota de veículos; também nas condições do próprio serviço de inteligência, para que possamos ter um estado mais próximo da população e mais justo, dando as condições de trabalho adequadas ao servidor”, concluiu o governador.

Dentro do pacote de obras anunciado, estão a Delegacia-Geral de Tarauacá, Delegacia-Geral de Rodrigues Alves, Delegacia-Geral de Feijó, Delegacia-Geral de Brasileia, Delegacia-Geral de Assis Brasil, a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) e a nova sede da Direção-Geral de Polícia Civil, em Rio Branco.

O delegado-geral de Polícia Civil, Josemar Portes, afirmou: “A Polícia Judiciária tem por obrigação a investigação de fatos delituosos. Em regra, a intervenção da polícia se dá no pós-crime, para desvendar o fato criminoso, apurando a autoria, e comprovando a materialidade do crime em um trabalho pericial e investigativo. Os resultados positivos hoje apresentados acerca da elucidação de crimes contra a vida é um reflexo do empenho de todo efetivo da Polícia Judiciária que trabalha profundamente na identificação de seus autores e consequentemente em sua responsabilização”.

Uma das prioridades do governador Cameli são as intervenções estruturais na Polícia Civil, que visam proporcionar melhores condições de atendimento à população, condições de trabalho dignas aos servidores e, de forma mais ampla, contribuir para uma prestação de serviços de qualidade e eficiente, sempre na defesa da supremacia do interesse público.

Comentários

Continue lendo

Em alta