Edvaldo Souza pede providências sobre morte de taxista na estrada de Porto Acre

“O assassinato covarde de um pai de família trabalhador não pode ficar impune”, disse. Durante a sessão de quinta-feira (14) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o deputado Edvaldo Souza...

deputado-edvaldo-souza“O assassinato covarde de um pai de família trabalhador não pode ficar impune”, disse.

Durante a sessão de quinta-feira (14) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o deputado Edvaldo Souza (PSDC) usou a tribuna da casa legislativa para pedir à cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Acre que tome providências imediatas para elucidar o caso do taxista Vanderlei Cardoso Costa, assassinato nesta quarta-feira (13), nas proximidades do município de Porto Acre.

“O assassinato covarde de um pai de família trabalhador não pode ficar impune”, diz.

Edvaldo Souza criticou o que ele denomina ‘onda de violência que atinge o estado’. Ele afirmou que os cidadãos acreanos estão temendo a crescente violência que assola tanto a capital como interior.

“Saímos de casa como vítimas em potencial, e voltamos como sobreviventes”, diz.

O líder do governo na Aleac, Astério Moreira, afirmou que a assessoria dele entrará em contato com o diretor-geral de Polícia Civil, Emylsson Farias, para pedir celeridade na elucidação do crime.

Comentários