dsc_0097

Alexandre Lima

Após os resultados das eleições de 2016, os vereadores do Município de Brasiléia já diplomados, começam as articulações para a eleição para a presidência da Câmara Municipal, onde irão escolher um dos 11 que irão trabalhar nos próximos quatro anos.

A eleição do legislativo em Brasiléia sempre foi marcada com muitas surpresas e, certamente em 2017, não será diferente e a cadeira da presidência poderá ficar entre os vereadores do PMDB ou PP.

Um dos quais está se articulando nos bastidores, é o vereador reeleito pelo Partido Progressista, Joelso Pontes, caso não receba a famosa rasteira dentro do grupo que é composto pelo PMDB (3 vereadores), PP (2 vereadores) e PSDB (1 vereador), que mantém 6 dos 11 vereadores e da base de oposição.

Segundo foi informado, Joelso vem mantendo diálogo entre os três partidos do grupo. O vereador comentou que está preparado para conduzir o Poder Legislativo de Brasiléia nos próximos dois anos e que o PP já teria fechado essa questão sobre sua indicação à presidência.

O diálogo vem acontecendo entre os partidos e Joelson acredita na união, já quem a oposição tem a maioria na Casa. “Quero ser presidente, não para medir forças com a futura gestão, e sim, dar uma nova dinâmica ao Poder Legislativo”, disse o vereador reeleito.

Comentários