Além de dados como carteira de trabalho e CNH, agora o cidadão brasileiro pode substituir o título de eleitor de papel pelo eletrônico. E isso graças ao Acre: uma iniciativa que saiu do Estado ganhou o Brasil e agora todo mundo vai ter seu título digital.

A ação não para de receber elogios: uma reportagem da USP, a Universidade de São Paulo, destaca que a ação vai facilitar serviços nas eleições.

“Os eleitores baixam o aplicativo E-Título no celular e fazem um cadastro. Vai funcionar como um serviço – além de substituir o documento tradicional, vai exibir informações sobre quitação eleitoral, cadastramento biométrico e endereço de votação com GPS”, destacou um trecho de uma reportagem do site da universidade.

Título digital/Foto: Reprodução

O professor José Eduardo Santarem Segundo, do Departamento de Educação, Informação e Comunicação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da USP, disse que o E-Título foi desenvolvido por funcionários do TRE do Acre.

Ele também faz questão de reiterar que a não terceirização desse serviço reforça a segurança dos dados.

Ouça entrevista clicando AQUI.

Comentários