Por Eldson Júnior/SECOM

Seguindo o cronograma e atendendo a reivindicação dos moradores, a Prefeitura de Brasiléia através da Secretaria de Obras, realizou o trabalho de limpeza, abaulamento e recuperação dos ramais do Km 6 e km 10.

Os trabalhos são de essencial importância para a comunidade rural, já que os produtores utilizam a via para escoar a produção até a área urbana e comercializar. Na área habitam mais de oito famílias que cultivam hortaliças e fornecem para comerciantes da cidade.

A agricultora Edite Silva, fala da alegria em ter o ramal recuperado.

“Vai nos ajudar muito, porque já estava ficando muito difícil pra retirar e sair com as verduras para os mercados, pois demorava muito, devido à lama. Agora vai melhorar muito e mais acessível para chegar a cidade diariamente para realizar a entrega aos mercados”, disse a agricultora.

Francisca Amorim, que desde pequena reside na área, comemora o acesso de qualidade.

“Minha mãe dividiu e deu um pedaço de terra para cada um dos filhos e nós estamos aqui. Antes aqui não tinha ramal, mas agora estamos de parabéns que a Prefeitura recuperou nosso ramal. Antes éramos isolados e pra sair era muito difícil, mas agora ter um ramal bom é uma vitória”, disse a moradora.

Josué Elias, coordenador de ramais destaca o trabalho realizado.

“Sabendo das dificuldades que os moradores enfrentavam, a Prefeita Fernanda Hassem pediu que realizássemos um trabalho de qualidade nos ramais. O ramal do km 6, tem grande movimentação e saída de verduras e agora vai facilitar o acesso e escoação da produção. O do km 10, estamos com outra frente de trabalho para garantir o acesso dos moradores daquela região”, finalizou o coordenador.

Uma das principais prioridades da gestão são a recuperação e beneficiamento dos ramais, para garantir um acesso de qualidade aos munícipes que residem na área rural. A Prefeitura através da Secretaria de Obras vem intensificando cada vez mais os trabalhos de reestruturação de ramais, mantendo o compromisso e o respeito da gestão com os produtores, todos realizados com recursos próprios.

Matéria em vídeo:

 

Comentários