Conecte-se conosco

Geral

Em cerimônia no Ministério da Justiça e Segurança Pública, Acre recebe mais R$ 4 milhões em viaturas e equipamentos

Publicado

em

Na manhã desta quinta-feira, 25, o delegado-geral de Polícia Civil do Acre, Josemar Portes, representou o governador Gladson Cameli em cerimônia realizada no Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), em Brasília/DF, ocasião em que recebeu do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, viaturas e equipamentos destinados ao fortalecimento da segurança pública do Acre.

Delegado Josemar Portes recebeu do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, viaturas e equipamentos destinados ao fortalecimento da segurança pública do Acre. Foto: Assessoria da Presidência da República.

Estavam presentes na cerimônia, além do presidente Jair Messias Bolsonaro, o ministro da Casa Civil, general Braga Netto, ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, o deputado Federal, Alan Rick (Republicanos), e representando o Comando-Geral da Polícia Militar do Acre, o subcomandante e coronel Luciano Fonseca.

As viaturas e equipamentos foram disponibilizados por meio do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (Vigia) como uma ação estratégica para o combate ao crime organizado e à repressão aos crimes transnacionais em todas as regiões de fronteira e divisas do país.

Viaturas e equipamentos foram disponibilizados por meio do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (Vigia) Foto: Cedida.

O Vigia, projeto estratégico do Ministério da Justiça e Segurança Pública, atua em três eixos: operações, capacitações e aquisições de equipamentos e sistemas.

O Programa está presente em 15 estados: Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Acre, Rondônia, Tocantins, Goiás, Roraima, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Pará, Amapá, Rio Grande do Norte e Ceará.

O Vigia segue as diretrizes do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), com foco na atuação integrada, coordenada, conjunta e sistêmica entre as instituições.

Para o delegado-geral de Polícia Civil do Acre, Josemar Portes, as viaturas e equipamentos recebidos darão suporte significativo no combate à criminalidade.

ara o delegado-geral de Polícia Civil do Acre, Josemar Portes, as viaturas e equipamentos recebidos darão suporte significativo no combate à criminalidade. Foto: Cedida.

“Fico honrado em poder representar nosso governador Gladson Cameli nessa cerimônia em que a Polícia Civil e Militar do Acre recebem todo esse material para o fortalecimento de nossas ações de combate à criminalidade. Estamos na vanguarda de ações investigativas que possibilitam agir no asfixiamento de grupos criminosos que agem, sobretudo, no cometimento de crimes como tráfico de drogas dada nossa posição geográfica com limítrofes fronteiriços com países produtores de entorpecentes. Nosso governador tem chancelado o trabalho da polícia judiciária e nós, em uma demonstração clara de compromisso com a gestão, estamos dando a resposta no combate a todo e qualquer crime”, destacou Josemar Portes.

Deputado federal Alan Rick também esteve presente na cerimônia Foto: Cedida.

Durante a cerimônia foram entregues 14 unidades de viaturas caracterizada 4×4 tipo S10 LT adaptada para transporte de preso – 14 unidades com o custo unitário de R$ 195 mil: Total R$ 2,7 milhões; 15 unidades de binóculos de visão noturna com o custo unitário de R$ 113.225 mil, totalizando R$ 1,6 milhão;
15 unidades de capacetes balístico com o custo unitário de R$ 2.095 mil, totalizando R$ 31.425 mil; 51 unidades de placas balística nível III tipo Stand Alone, com o custo unitário de R$ 2.270 mil, totalizando R$ 115.770 mil.

O total de doação às polícias do Estado do Acre (PM e PC) chega ao montante de R$ 4.575.570 em investimento do Programa VIGIA no Estado do Acre.

Comentários

Geral

Oportunidade: Energisa Acre está com vagas abertas para contratação de eletricistas e técnicos 

Publicado

em

Por AscomA Energisa Acre está recrutando eletricistas e técnicos. Você tem interesse? Todas as vagas abertas estão disponíveis na plataforma de carreiras do Grupo Energisa: https://jobs.kenoby.com/grupoenergisa.

Além disso, a empresa mantém um Banco de Talentos para Pessoas com Deficiência, Engenheiro Eletricista e Eletricista.

Os salários oferecidos dependem do cargo, experiência e formação. O profissional tem direito a planos de saúde e odontológico, previdência privada, vale-alimentação ou refeição, auxílio creche e educacional, Programa de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), programas de qualidade de vida e auxílio academia, entre outros.

A Energisa é a primeira do setor elétrico brasileiro a ocupar uma posição no Linkedin Top Companies entre as empresas mais desejadas pelos brasileiros para se trabalhar e construir carreira.

Centenas de contratações em 2021 

Desde o ano passado, a Energisa Acre já contratou 301 profissionais para atuar em diversas áreas. A empresa é uma das principais em geração de emprego e renda no estado. No setor elétrico, destaca-se pela inovação, com foco na sustentabilidade, qualidade dos serviços prestados e segurança.

Sobre a Energisa 

Com 117 anos de história, o Grupo Energisa é o maior privado do setor elétrico com capital nacional e o também o maior na Amazônia Legal. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. O Grupo atende a 8,2 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de mais de 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar cerca de 20 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, transmissão, serviços especializados de call center (Multi Energisa), mercado de contas digitais (fintech Voltz) e a (re)energisa, que atua na geração distribuída, serviços de valor agregado e comercialização de energia.

Comentários

Continue lendo

Geral

Homem tenta matar irmã a tiros de espingarda e acaba preso

Publicado

em

Conforme a polícia, apesar de ser irmão da vítima, o rapaz queria uma relação amorosa com ela, mas, diante das negativas, teria tentado matá-la.

Um homem, que não teve o nome divulgado pela polícia, foi preso, no último sábado, 21, após invadir o quarto da própria irmã e tentar matá-la a tiros de escopeta, na rua 12 de Julho, bairro Santa Inês, em Rio Branco.

Conforme a polícia, o acusado é irmão adotivo da jovem e a motivação do crime seria que o rapaz tentava se relacionar amorosamente com a jovem, mas, diante das negativas, teria tentado matá-la. Ele foi impedido por outros familiares que entraram em luta corporal com o acusado.

Um tiro chegou a ser disparado dentro da casa, mas não atingiu ninguém, graças a ação das testemunhas que, após imobilizarem o rapaz, acionaram a Polícia Militar.

O acusado foi conduzido à Delegacia Central de Flagrantes (Defla) pelo crime de tentativa de feminicídio e a arma foi apreendida.

Comentários

Continue lendo

Geral

Emendas parlamentares destinam mais de R$ 12 milhões para cidades do AC aplicarem na Saúde

Publicado

em

Por

Resolução com divisão dos valores para 13 cidades acreanas foi publicada na edição desta segunda-feira (23) do DOE.

Os deputados federais do Acre repassaram mais de R$ 12 milhões em emendas para que as prefeituras de 13 cidades acreanas invistam na área da saúde. A resolução com divisão dos valores para os municípios foi publicada na edição desta segunda-feira (23) do Diário Oficial do Estado (DOE).

A publicação, assinada pela secretária de Saúde do Acre, Paula Mariano, que é presidente da Comissão Intergestores Bipartite (CIB-AC), pontua que o repasse foi aprovado pelo plenário da comissão e também considerou um ofício encaminhado pela Associação dos Municípios do Acre (AMAC)

Os valores devem ser passados do Fundo Nacional de Saúde direto ao fundo dos municípios. A secretária Paula Mariano informou o recurso será repassado aos municípios direto pelo Ministério da Saúde.

Conforme a resolução, os valores devem ser usados para compra de equipamentos, ampliação e construção de Unidades Básicas de Saúde (UBSs), além da construção de Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

Divisão dos valores por cidade:

 

Resolução com divisão dos valores das emendas para 13 cidades acreanas — Foto: Reprodução/DOE

Resolução com divisão dos valores das emendas para 13 cidades acreanas — Foto: Reprodução/DOE

Comentários

Continue lendo

Em alta