Conecte-se conosco

Cotidiano

Em jogo de cinco expulsões, Fluminense vence o Flamengo e espanta a crise

Publicado

em

Lance!

Confusões marcam final da partida, mas equipe de Diniz se impõe no segundo tempo e derrota rival mais uma vez para se recuperar no Brasileirão

Sobraram expulsões para ambos os lados – duas para cada nos minutos finais e o tricolor David Braz ainda no primeiro tempo -, mas o Fla-Flu da tarde deste domingo, no Maracanã, foi repleto de emoção. O Fluminense derrotou o Flamengo por 2 a 1, em jogo válido pela 27ª rodada do Brasileirão. Ganso e Nathan fizeram para o Flu; Gabi marcou o do Rubro-Negro.

A equipe comandada por Fernando Diniz chega aos 48 pontos e assume a vice-colocação do Brasileirão – ainda pode ser ultrapassado pelo Internacional no decorrer da rodada. O Flamengo, com 45, está na 4ª colocação.

Por conta da Data Fifa, as equipes terão um intervalo de 11 dias até o próximo jogo. Ambos os times só voltam aos gramados no dia 28, uma quarta-feira, às 19h. O Flamengo enfrentará o Fortaleza no Castelão; o Fluminense medirá forças com o Juventude no Maracanã.

A MIL
A partida começou quente. Antes mesmo do primeiro lance de perigo para qualquer uma das equipes, David Braz, do banco de reservas, foi expulso. O zagueiro do Fluminense reclamou muito após a marcação de um lateral para o Flamengo.

QUEM NÃO FAZ…
Em campo, o Fluminense não abriu mão da filosofia de jogar curto e sair jogando com toques desde o campo de defesa. O Flamengo pressionava alto e em uma das oportunidades roubou a bola perto da pequena área, mas Gabi não conseguiu finalizar. Outro lance de perigo foi quando Pedro achou Arrascaeta com um passe digno de camisa 10, mas o uruguaio parou em boa defesa de Fábio.

Foram os tricolores, porém, que terminaram o primeiro tempo felizes. Já na reta final, André lançou Matheus Martins. O garoto finalizou fraco, mas Santos não defendeu. No rebote, Cano foi derrubado por Léo Pereira dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Ganso abriu o placar.

FÁBIO SALVA O FLU!
​O Flamengo voltou do intervalo querendo correr atrás do prejuízo e pressionando o rival, mas o Rubro-Negro parou em Fábio. O goleiro do Fluminense fez, no mínimo, duas boas defesas em chutes de De Arrascaeta e foi fundamental para manter a vantagem do Tricolor.

É O FLU!
O Fluminense cresceu no jogo com o passar do tempo e passou a colocar o estilo de jogo de toques. O Tricolor dobrou a vantagem com uma pitada de ‘malandragem’. Ganso cobrou rápido uma falta que sofreu no meio-campo, Cano recebeu com liberdade, driblou Santos e cruzou. A bola sobrou do outro lado e, em novo cruzamento, Nathan apareceu livre para cabecear.

TEM ESPERANÇA?
Dorival Júnior lançou o time para frente e o Flamengo não demorou para dar uma resposta. Minutos depois do gol do Fluminense, Gabi aproveitou uma confusão dentro da área e, em bate-rebate, completou para o fundo das redes. A torcida passou a empurrar acreditando numa reação.

CENAS LAMENTÁVEIS
O clima esquentou de vez na reta final do jogo. Marinho, Felipe Melo e Manoel se estranharam por conta de uma falta no campo de ataque do Flamengo e a confusão foi instaurada de vez, com discussões e até empurrões. Dos três, apenas o volante do Fluminense não foi expulso.

Não parou por aí. Neste mesmo balaio, Caio Paulista e Éverton Cebolinha também se envolveram em outra confusão. O atacante do Flamengo botou as mãos no pescoço do lateral tricolor, que revidou com uma tentativa de cabeçada. Os dois também foram expulsos. 

QUE PRESSÃO!
O Flamengo tentou, martelou e até teve uma chance clara – Victor Hugo desperdiçou um chute livre dentro da pequena área -, mas não furou o bloqueio do Fluminense na reta final do jogo. Melhor para os tricolores, que conseguiram uma importante vitória e espantaram qualquer possibilidade de crise.

FICHA TÉCNICA
Flamengo x Fluminense

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Horário: 18/09/2022, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Danilo Simon Manis (SP) e Rodrigo Corrêa (RJ)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira (SP)
Gramado: Bom
Público e renda: 55.170 presentes / R$ 2.720.364,50
Cartões amarelos: Gabi (FLA); David Braz [no banco], André, Fábio, Nathan e Samuel Xavier (FLU)
Cartões vermelhos: Marinho e Éverton Cebolinha (FLA); David Braz [no banco], Manoel e Caio Paulista (FLU)

Gols: Ganso (0-1, 44’/1ºT); Nathan (0-2, 30’/2ºT); Gabi (1-2, 36’/2ºT)

FLAMENGO: Santos; Rodinei (Matheus França 46’/2ºT), David Luiz, Léo Pereira, Filipe Luís; Thiago Maia (Victor Hugo 37’/2ºT), João Gomes (Vidal 26’/2ºT); Éverton Ribeiro (Marinho 37’/2ºT), De Arrascaeta (Éverton Cebolinha 26’/2ºT); Gabi, Pedro. Técnico: Dorival Júnior.

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Manoel, Caio Paulista; André, Martinelli (Felipe Melo 40’/2ºT); Matheus Martins (Nathan 20’/2ºT), Ganso (Yago Felipe 45’/2ºT), Arias (Cris Silva 45’/2ºT); Cano (Willian 45’/2ºT). Técnico: Fernando Diniz.

Comentários

Cotidiano

Palmeiras derrota Corinthians e conquista Brasileiro sub-20

Publicado

em

Atacante Endrick (foto) brilha e marca o gol da vitória de 1 a 0

O Palmeiras conquistou o título do Campeonato Brasileiro sub-20, neste domingo (25) na Neo Química Arena, em São Paulo, após derrotar o seu arquirrival Corinthians por 1 a 0 com gol de um dos jogadores mais promissores de sua base, o atacante Endrick.

Esta é a segunda oportunidade na qual o Verdão levanta o caneco da competição (após ficar com o título em 2018), o que garante a sua presença na Supercopa do Brasil Sub-20, competição que reúne os campeões do Brasileirão e da Copa do Brasil da categoria.

Em uma partida muito disputada, na qual o Timão contou com o apoio de sua apaixonada torcida, o gol da vitória saiu aos 18 minutos do segundo tempo, quando Endrick recebeu a bola no meio-campo, avançou até a entrada da área e bateu colocado, no cantinho, para superar o goleiro adversário.

“O Palmeiras aprendeu a trabalhar com excelência na base. A tendência é que continuemos revelando e conquistando, porque essas duas coisas, na minha opinião, estão interligadas. Se você forma bem, naturalmente as conquistas irão aparecer”, declarou o técnico do Palmeiras, Paulo Victor, após o título.

 

 

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Caio Souza é ouro nas barras paralelas em etapa da Copa do Mundo

Publicado

em

Campeã olímpica Rebeca Andrade é prata nas paralelas assimétricas

O brasileiro Caio Souza conquistou, neste domingo (25), a medalha de ouro nas barras paralelas da etapa de Paris (França) da Copa do Mundo de Ginástica Artística, evento que foi realizado na Bercy Arena, instalação esportiva que receberá os eventos da modalidade nos Jogos Olímpicos de 2024.

 

Além da medalha dourada nas paralelas, conquista que alcançou com uma nota 14.700, o atleta garantiu uma prata no salto sobre a mesa ao somar 14.575 pontos. Nesse aparelho, ficou atrás apenas do turco Adem Asil.

“Esses resultados mostram que o meu trabalho está sendo feito, e corretamente! Agora é voltar para casa e acertar os detalhes para subir mais um degrau”, disse Caio Souza.

Quem também brilhou foi a campeã olímpica e mundial Rebeca Andrade, que garantiu a prata nas paralelas assimétricas.

“Faço um balanço muito positivo sobre nossa participação nesta competição. Em alguns aparelhos nos quais havia cerca de 50 ginastas competindo, nossos meninos se classificaram nas primeiras colocações. Tivemos dois finalistas no salto e um no solo, argolas, barra e paralelas. Isso demonstra que nossa ginástica está entre as melhores do mundo. Agora é voltar para o Brasil e avaliar o que podemos melhorar para o Mundial”, declarou o coordenador de ginástica artística masculina da Confederação Brasileira de Ginástica, Marcos Goto.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Brasil estreia com vitória no Mundial de vôlei feminino

Publicado

em

Seleção brasileira superou a República Tcheca por 3 sets a 1

O Brasil estreou com vitória no Campeonato Mundial de vôlei feminino, pois superou a República Tcheca por 3 sets a 1 (parciais 25/20, 25/16, 22/25 e 25/18), neste sábado (24) no Gelredome, em Arnhem (Holanda).

O grande destaque da partida foi a capitã da seleção brasileira, a ponteira Gabi. A atleta, que defende o Vakifbank, da Turquia, somou 24 pontos.

Agora, a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães mede forças com a Argentina, na próxima segunda-feira (26), a partir das 13h30 (horário de Brasília).

Comentários

Continue lendo

Em alta