Conecte-se conosco

Cotidiano

Em momento histórico, príncipe Charles substitui Elizabeth 2ª pela primeira vez em ‘discurso do trono’

Publicado

em

Monarca quebrou o protocolo que cumpre há 59 anos e que abre os trabalhos do Parlamento devido a problemas de mobilidade

Príncipe Charles faz o discurso da rainha durante a abertura do Parlamento
DAN KITWOOD/REUTERS – 10.05.2022

O príncipe Charles sucedeu a rainha Elizabeth 2ª nesta terça-feira (10) no simbólico “discurso do trono”, que abre os trabalhos do Parlamento, um momento histórico visto como a transição progressiva de uma rainha idosa determinada a não abdicar em favor de seu herdeiro.

A monarca de 96 anos costuma abrir cada nova sessão parlamentar lendo o programa legislativo elaborado pelo governo para o próximo ano.

Durante suas sete décadas de reinado, ela só faltou a esse compromisso duas vezes, em 1959 e 1963, quando estava grávida do príncipe Andrew e do príncipe Edward, respectivamente.

No entanto, devido aos seus “problemas de mobilidade e, depois de consultar os seus médicos, ela decidiu com relutância não fazer o discurso desta vez, pela primeira vez em 59 anos”, explicou a casa real.

O príncipe Charles, de 73 anos, que substitui cada vez mais a mãe, não chegou ao Parlamento de carruagem, mas em um Rolls-Royce oficial com teto transparente, acompanhado da esposa, Camila.

Tampouco usava a tradicional capa de arminho, mas um uniforme militar com numerosas condecorações, e a pesada coroa ornada de pedras preciosas, que presidia a sessão sobre uma almofada diante do espaço vazio deixado no trono pelo soberano ausente.

Charles sentou-se ao lado dele, em um trono menor que já ocupou em outras ocasiões ao lado da mãe. Acompanhado por Camila e seu filho mais velho, o príncipe William, de 39 anos, número 2 na linha sucessória, leu o discurso com a mesma voz monótona, solene e aplicada da rainha diante dos deputados e dos senhores reunidos na câmara alta do Parlamento.

Toda essa pompa, que incluiu a chegada da coroa e dos cetros em procissão real, as fanfarras e os arautos em suas vestes cerimoniais, mostra que “a rainha ainda está no comando”, nas palavras do Daily Mail. Mas “não se engane, este é um momento histórico para a coroa”, destacou o jornal.

A saúde de Elizabeth 2ª tem sido motivo de preocupação desde que os médicos ordenaram que ela descansasse, em outubro do ano passado. Ela foi hospitalizada por uma noite para fazer “exames” médicos que nunca foram especificados.

Desde então, a rainha cancelou sua participação em eventos de destaque e foi vista com bengala, mostrando ter dificuldades de locomoção.

Mas, em um histórico discurso de rádio em seu aniversário de 21 anos, durante uma viagem à África do Sul com sua família, em 21 de abril de 1947, a então princesa Elizabeth prometeu dedicar toda a sua vida a servir seu povo, e todos a consideram determinada a não abdicar, apesar das doenças crescentes.

Especialmente neste ano, de 2 a 5 de junho, haverá quatro dias de grandes festividades pelo “jubileu de platina”, os 70 anos de Elizabeth 2ª no trono, um recorde para qualquer monarca britânico.

Agenda legislativa de Boris Johnson

O discurso do príncipe Charles durou menos de nove minutos e detalhou a agenda legislativa preparada pelo governo do conservador Boris Johnson, que busca reconquistar os britânicos pelos próximos dois anos, até as próximas eleições legislativas, nas quais espera ser reeleito .

O polêmico primeiro-ministro vê sua permanência no poder ameaçada há meses devido à indignação causada pelo chamado “partygate”, o escândalo das festas ilegais organizadas em Downing Street durante os confinamentos contra a Covid-19.

Soma-se a isso o grave revés eleitoral sofrido na semana passada por seu partido, que perdeu uma dezena de câmaras municipais e quase 500 vereadores nas eleições locais, inclusive importantes redutos londrinos, como Westminster.

Os eleitores expressaram preocupação com o custo de vida e a inflação descontrolada, que pode ultrapassar 10% neste ano.

Mais de 7 milhões de adultos e 2,6 milhões de crianças, em um país de 66 milhões de habitantes, viviam, em abril, em casas onde não comiam o suficiente, segundo um estudo publicado pela Food Foundation, um aumento de 57% desde janeiro.

Nesse contexto, o governo vai procurar “ajudar a aliviar o custo de vida”, “reduzir as desigualdades”, “apoiar o Banco da Inglaterra no seu esforço para devolver a inflação aos seus objetivos”, leu Charles.

Os 38 novos projetos de legislação também incluem medidas a favor da transição energética e mudanças para “aproveitar as oportunidades” oferecidas pelo Brexit, como novas regras de concorrência e controle de imigração.

Comentários

Cotidiano

Procuradoria do STJD denuncia Cruzeiro e Grêmio por cantos homofóbicos

Publicado

em

Sessão de julgamento será às 13h do dia 30 

Cruzeiro e Grêmio foram denunciados nesta segunda-feira (23),  pela Procuradoria de Justiça Desportiva, por cantos discriminatórios entoados por torcedores no último dia 8, na vitória do time mineiro por 1 a 0, pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, realizada no Estádio Independência, em Belo Horizonte. A Raposa também foi denunciada por não prevenir e reprimir o arremesso de objetos no campo. A sessão de julgamento será às 13h (horário de Brasília) da próxima segunda-feira (30), com transmissão ao vivo no site do STDJ.

Quem mais pode se prejudicar com a denúncia é o Cruzeiro. Entre as penas previstas no Código Brasileiro de Justiça Desportivo (CBJD) – parágrafo 1º do artigo 243-G – o time vitorioso pode perder os três pontos previstos no regulamento da competição se comprovada a infração cometida “simultaneamente por considerável número de pessoas vinculadas a uma mesma entidade de prática desportiva”.

Em nota, a Procuradoria afirmou que recebeu notícias de infração (NI) denunciando cantos homofóbicos entoados tanto por torcedores do Cruzeiro (Arerê, Gaúcho dá o c* e fala tchê), quanto por tricolores (Maria joga vôlei).

O artigo 243-G do CBJD trata da prática de ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência. A pena varia de suspensão de cinco a dez partidas – se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica – a  suspensão pelo prazo de 120 a 360 dias,  por qualquer outra pessoa. Além disso, o clube pode receber multa de R$ 100 a R$ 100 mil. Já os torcedores infratores que forem identificados “ficarão proibidos de ingressar na respectiva praça esportiva pelo prazo mínimo de setecentos e vinte dias”, de acordo com o que prevê o parágrafo 2º do artigo 243-G.

Na súmula da partida Cruzeiro x Grêmio, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza relatou o arremesso de objetos no gramado.

“Cumpro informar que aos 27 minutos do primeiro tempo, após a marcação do gol da equipe do Cruzeiro SAF, foi arremessado dois copos de cervejas dentro do campo de jogo, um no meio de campo próximo onde se encontrava o banco de reservas da equipe do Grêmio RS e outro atrás do gol da equipe visitante próximo aos fotógrafos. Informo ainda que ambos vieram de onde se encontrava a torcida do Cruzeiro SAF”, descreveu o juiz.

O artigo 213 do CBJD preve multa de R$ 100 a R$ 100 mil quando se “deixa de tomar providências capazes de prevenir e reprimir o lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo”.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Brasil fica em 2º lugar geral em medalhas em olimpíadas estudantis

Publicado

em

País teve participação recorde na Gymnasiade 2022

Encerrada ontem (22), em Normandia, na França, as olimpíadas escolares ISF Gymnasiade 2022 tiveram participação histórica da delegação brasileira tanto no número de atletas – foram 230 jovens entre 16 e 18 anos – quanto no quadro geral de medalhas – onde o Brasil foi vice-campeão, com 45 ouros, 45 pratas e 36 bronzes.

A delegação brasileira participou de competições em 20 modalidades. Segundo dados do Ministério da Cidadania, que destinou R$ 5,5 milhões para os jovens atletas participarem do evento, representantes de 22 estados foram selecionados para os jogos.

“Chegar aqui na França e ver uma delegação deste tamanho, com 230 atletas e paratletas, mais a comissão técnica, sabendo que nosso esporte de base, na plataforma escolar, foi recuperado, ressurgiu, é muito gratificante”, afirmou o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, que esteve presente na cerimônia de encerramento da Gymnasiade.

Troféu Fairplay

Além do segundo lugar no quadro geral e das dezenas de medalhas, os jovens brasileiros foram agraciados com o Troféu Fairplay, destinado à delegação que mais cativou a atenção dos participantes e dos organizadores do evento. “O Brasil, além de ser muito forte esportivamente, como demonstra nosso resultado expressivo, também é o mais querido. Isso significa que estamos cumprindo o papel de pregar a paz, a união, a tolerância, e de contribuir para a formação da cidadania desses jovens e para a construção de um mundo melhor”, afirmou o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Acre segue sem novos casos e morte por covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que não há novos casos de infecção por coronavírus nesta segunda-feira, 23 de maio. O número de infectados é de 124.974 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 327.240 notificações de contaminação pela doença, sendo que 202.241 casos foram descartados e 25 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 122.930 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 1 seguia internada até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Nenhum óbito foi notificado nesta segunda-feira, 23, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 permaneça em 2.002 em todo o estado.

Sobre os casos de covid-19 no estado, acesse:

BOLETIM_AC_COVID_23_05_2022_PARCIAL

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:

http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

 

Comentários

Continue lendo

Em alta