Conecte-se conosco

Extra 1

Em reunião com presidente da Energisa, prefeito garante 116 km no Luz para Todos em Assis Brasil

Publicado

em

As obras de implantação da rede de energia elétrica, por meio do Programa Luz Para Todos na zona rural de Assis Brasil, cidade do interior do Acre (distante 310km de Rio Branco), irão avançar em mais de 100 km até dezembro desse ano. A garantia foi dada pelo presidente da Energisa, José Adriano, que na tarde desta quinta feira (2), recebeu o prefeito Jerry Correia, em seu escritório, em Rio Branco.

O prefeito apresentou durante um encontro, uma planilha com os nomes de todos os ramais que ainda não foram comtemplados com o Programa ou que tiveram as obras de instalação da rede suspensas. Jerry explicou que na maioria das comunidades, as famílias aguardam desde 2012 pela retomada da expansão da rede. Em outras, vivem a expectativa pela chegada das equipes. ” O cronograma para esse ano ainda prevê que a rede elétrica avance para mais de oito comunidades. A gente vai agilizando a licença ambiental e acompanhando de perto os serviços”, disse Jerry.

O presidente da Energisa disse que determinou ao setor responsável pelo programa a execução de todas as etapas previstas para esse ano e aproveitou para parabenizar o gestor pelo trabalho que tornou Assis Brasil a cidade que lidera a vacinação anti-covid no Acre.

“Prefeito, o senhor está de parabéns. É uma honra recebê-lo aqui e estreitar essa relação com sua gestão. Conte com a gente e saiba que aqui as portas estarão sempre abertas”, garantiu. Também participaram do encontro Nilton Salgado e Elizângela Silva, coordenadores do Luz Para Todos no Acre.

Comentários

Extra 1

Nos pênaltis: Brasiléia é bronze no Campeonato Brasileiro Escolar de Futsal 2022

Publicado

em

Momento de emoção após garantir o bronze para o tome do KJK.

Termina neste domingo, dia 31, o Campeonato Brasileiro Escolar de Futsal 2022, que acontece no Balneário de Camburiú, estado de Santa Catarina. Vários estados do Brasil tiveram seus representantes e o Acre não ficou de fora na categoria masculino e feminino.

O município de Brasiléia conseguiu uma das vagas e fez bonito no Campeonato. Esteve disputando ponto a ponto e se manteve no grupo principal até o final. Neste ano, o time da Escola Kairala José Kairala, disputou a medalha de bronze com a equipe de Brasília/DF.

O time do Kairala saiu na frente abrindo o placar no primeiro tempo, com um belo chute forte de David atingindo o ângulo esquerdo do goleiro. Mas, em uma jogada individual do time de DF pelo jogador Israel, conseguiu empatar o jogo.

Sem marcarem gols no segundo tempo, os times ficaram no empate de 01×01, indo para os pênaltis. O time de Brasiléia teve o jogador Kamel por ter recebido o segundo cartão amarelo, sendo expulso, fazendo com o de Brasília retirasse um de seus jogadores. A tensão ficou maior a cada chute marcado e a emoção foi ficando para os últimos chutes.

Os pênaltis foram inicialmente três para cada time e caso permanecesse empatado, seguiria para os chutes alternados. O primeiro chute foi desperdiçado pelo capitão do time de DF; Kailo foi o primeiro a chutar para o KJK e não dispensou abrindo o placar.

Defesa do segundo chute pelo goleiro André do KJK deu o início da derrota do time de DF.

O segundo chute do DF foi defendido pelo goleiro André passando à dianteira. O chute chamado de ‘Match-Point’, ficou para o capitão Junior do KJK que marcou o segundo gol no ângulo direito, determinando o final e ficando o bronze neste ano.

O goleiro do KJK foi escolhido por ter sido o destaque no jogo, onde reconheceu a falha que levou o time para os pênaltis e conseguiu se redimir defendendo o chute que garantiu o terceiro lugar. Dos quase 50 times entre masculino e feminino, o Acre através do time do KJK de Brasiléia, se manteve na elite do Campenato Brasileiro Futsal 2022.

O capitão do KJK Kailo abre o placar nos pênaltis…

O ‘Match-Point’, ficou para o capitão Junior do KJK que marcou o segundo gol no ângulo direito

Assista o jogo completo a partir do 3:00:00 até 4:00:00

Comentários

Continue lendo

Extra 1

Brasileiro condenado por tráfico de drogas na Bolívia foragido é recapturado em Cobija

Publicado

em

Segundo autoridades bolivianas, Andrei pertence ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e tem uma pena de 8 anos pelo crime de substâncias controladas, segundo o ministro do Governo, Eduardo del Castillo.

Nesta quinta-feira, a polícia boliviana recapturou Andrei Carlos Da Silva Paes, cidadão brasileiro, que fugiu do Centro Penitenciário Villa Busch, em Pando, no governo de 2020.

“Anunciamos ao povo boliviano e brasileiro a recaptura do senhor Andrei Carlos Da Silva Paes, que fugiu do Centro Penitenciário Villa Busch em Pando no governo de 2020”, escreveu em suas redes sociais.

De acordo com Del Castillo, após a recaptura de Andrei, ele deve cumprir sua pena na prisão de Beni, da qual escapou.

“Esse homem pertence ao Comando da Capital do PCC e tem pena de 8 anos pelo crime de substâncias controladas. Agora ele deve cumprir sua pena neste centro penitenciário”, disse ele.

MATÉRIA RELACIONADA:

Brasileiros condenados na Bolívia fogem de presidio na fronteira com o Acre

Ação conjunta entre policias brasileira e boliviana conseguem recuperar arma furtada

Comentários

Continue lendo

Extra 1

DOMINGO NA COMUNIDADE: prefeito realiza reuniões na Boca do São Pedro e Iracema

Publicado

em

O domingo foi de intensa atividade para o prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia. O gestor foi ao encontro dos moradores da comunidade rural Boca do São Pedro, onde entregou as obras de recuperação do ramal e ouviu as pessoas que participaram do encontro.

Já no período da tarde, Jerry Correia seguiu viagem até à comunidade Iracema, no ramal São Francisco. Ali o prefeito falou sobre saúde, educação, produção agrícola e outros temas. Os moradores da localidade agradeceram pelas obras no ramal e também elogiaram a presença do prefeito na zona rural que tem sido constante.

“Esse prefeito não para. Sempre andando e ouvindo os moradores, principalmente os que viviam esquecidos. Já estamos com nosso ramal recuperado, nossos filhos têm o transporte escolar e podemos levar nossos produtos para vender na cidade com mais facilidade”, testificou o morador José Rodrigues.

Os moradores da Boca do São Pedro ficaram isolados por cerca de 9 anos. A prefeitura, nas duas últimas gestões, deixou de reabrir o ramal que dá acesso à localidade.

Já no seu primeiro ano de gestão, Jerry Correia reabriu a estrada rural que havia se transformado em um varadouro. Este ano, a Prefeitura já entregou o ramal recuperação com uso de patrol e outros equipamentos.

“Em menos de um ano e meio as máquinas da prefeitura vieram aqui duas vezes. Como não ficar satisfeito com essa atenção que agora estamos recebendo?”, comentou o morador Lázaro Barros.

Comentários

Continue lendo

Em alta