O acusado é menor de idade. O crime ocorreu na comunidade Lago Novo, Rio Muru, em Tarauacá

O casal Verônica Oliveira e Antônio Francisco Silva, procurou o Blog do Accioly,  na sexta feira (16), para comunicar que o crime de homicídio praticado pelo menor R. C, de 14 anos de idade, na comunidade Lago Novo, Rio Muru, em Tarauacá, foi a mando do diabo.

Os pais da bebê contaram que são professores do programa ”Asinha da Florestania”,e saíram para o trabalho na última terça-feira (13).

“Quando retornamos pra casa foram surpreendidos com a notícia que a nossa bebê, Melinda Ramalho, de apenas 1 ano, estava morta,  tinha levado um tiro de espingarda no rosto. Perdemos a nossa alegria de viver”, declarou a mãe.

A jovem disse ainda que já estava com o material do aniversário comprado. “Tínhamos comprado as coisas para comemorarmos o aniversário dela no próximo domingo”, relatou.

O pai contou que ao conversar com o garoto acusado de cometer o crime, que inclusive é seu primo, ele teria declarado que a execução ocorreu à mando de forças ocultas. “Eu estava dominado pelo satanás, um bicho escuro que usava capuz e que gritava a toda hora no meu ouvido: ’Mata ela. Ela não merece viver’. Eu decidi então atirar em mim pra não matar a neném, mas quando levantei do banco, a arma disparou e a bala pegou nela”, confirmou.

Após os trâmites de sepultamento da criança, o casal registrou o caso na delegacia de Polícia Civil da região.

Veja o depoimento dos pais:


Comentários