Conecte-se conosco

Cotidiano

Emenda de R$ 3 milhões de Alan Rick vai beneficiar entidades do AC

Publicado

em

O Ministério da Cidadania pagou na quinta-feira, 16, emenda do deputado federal Alan Rick (DEM/AC), no valor de R$ 3 milhões, que vai beneficiar mais de 20 entidades que prestam serviço de assistência social em vários municípios do Estado. O recurso será utilizado para a compra de equipamentos, materiais permanentes e veículos, que serão entregues através da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres – SEASDHM.

As entidades beneficiadas são a Fundação Assistencial e Educacional Betel, Fundação Dom José Hascher – Lar dos Vicentinos Cruzeiro do Sul, Jovens Com Uma Missão – JOCUM, Associação de Parentes e Amigos dos Dependentes Químicos – APADEQ – Cruzeiro do Sul, Associação Cristã Alfa – ACALFA, Educandário Santa Margarida, Lar Vicentinos, de Rio Branco, a ainda a rede de atendimento de proteção social especial de média e alta complexidade e, também, da gestão estadual da proteção social especial composta pela Casa Abrigo Mãe da Mata Rio Branco, Casa Abrigo Juruá – Cruzeiro do Sul, CREAS de Rio Branco, Plácido de Castro, Manoel Urbano, Senador Guiomard, Feijó, Assis Brasil, Brasiléia, Sena Madureira, Epitaciolândia e Tarauacá.

O deputado, que se recupera de uma cirurgia na perna direita, destacou através das suas redes sociais que está muito feliz com a notícia do pagamento da emenda. “Dar essa notícia às mais de 20 entidades de assistência social do nosso estado – da capital e do interior – que serão beneficiadas é maravilhoso, em especial, porque batalhei muito para a chegada desse momento junto ao Ministério da Cidadania, junto à Secretaria de Assistência Social, dos Direitos Humanos e Política para as Mulheres do Acre” – escreveu o deputado no Instagram.

O deputado explicou ainda que o processo de liberação do recurso ocorreu no meio da pandemia, momento de mais necessidade dessas instituições que viram as doações cessarem, muitos de seus mantenedores sofrerem com a COVID-19 e tudo ficar mais caro. O aumento dos valores foi um complicador do trâmite junto às empresas vencedoras dos processos licitatórios até o pagamento da emenda de R$ 3 milhões, segundo o parlamentar.

“Quero agradecer ao deputado federal Alan Rick pela emenda que proporcionou essa van, que vai trazer muitos benefícios para o trabalho da missão. Temos 5 casas de recuperação, trabalhamos em bairros carentes com restauração de vidas, temos mais de 100 missionários voluntários, esse povo todo trabalhando precisa de transporte e essa van vem em um bom momento para atendermos essa demanda. Que Deus abençoe sua vida, deputado!” – disse o líder da JOCUM Rio Branco, pastor Daniel Batistela.

“Isso é uma boa notícia! Estamos ansiosos pela chegada desses equipamentos, que vai nos ajudar a fazer mais pelos nossos assistidos. Muito, muito obrigado ao deputado Alan Rick, a todos os envolvidos na missão de nos trazer essa alegria. Já desejo um feliz Natal e deixo um forte abraço” – agradeceu a irmã Simone, diretora do Lar Vicentinos de Cruzeiro do Sul.

Alan Rick também agradeceu aos envolvidos no processo de liberação do recurso e aquisição do material e ainda aos representantes das entidades. “Quero agradecer a paciência de todas as entidades atendidas, a equipe da SEASDHM, meu gabinete em Brasília e no Acre, o governador Gladson Cameli, o chefe da representação do Acre em Brasília Ricardo França e especialmente ao ministro João Roma e a equipe do Ministério da Cidadania” – finalizou o deputado.

Comentários

Cotidiano

Banco se pronuncia sobre dificuldades no Posto de Atendimento de Xapuri

Publicado

em

O Posto de Atendimento do Banco do Brasil em Xapuri foi alvo de muitas reclamações de usuários no último fim de semana prolongado, quando aconteceu a Festa de São Sebastião no município. De acordo com as queixas, os caixas eletrônicos permaneceram todo o período sem dinheiro, causando transtornos a quem precisou fazer saques.

Procurado, o superintendente regional do banco no Acre, Daniel Rondon, disse que por estar de férias não tomou conhecimento do ocorrido no fim de semana, mas relatou que a unidade de Xapuri passa por dificuldades desde o episódio ocorrido na última semana de dezembro passado, quando as dependências do posto foram invadidas e o cofre arrombado.

“Em virtude do incidente ocorrido em Xapuri, aquela unidade aguarda a conclusão das obras de reforço da segurança para obter autorização de movimentação em tesouraria. Por enquanto aquela unidade, por questão de segurança pública, está parcialmente impedida de movimentar numerário”, explicou.

O superintendente também disse que o banco já entrou com pedido de autorização excepcional para “movimentação de numerário” no posto de Xapuri e anunciou que haverá novidades nos próximos dias. Segundo ele, em breve a unidade deverá voltar a funcionar normalmente

“Lamentamos muito esse fato e temos convicção de que voltaremos à normalidade muito em breve e confiamos que o poder público também reforçará a atenção à segurança pública naquele município com vistas a reduzir a ocorrência de sinistros”, concluiu o superintendente.

O Banco do Brasil em Xapuri foi alvo de roubos e tentativas não consumadas em pelo menos três oportunidades nos últimos cinco anos. Em 2017, ladrões entraram por uma das paredes e arrombaram o cofre. Dois anos depois, em 2019, criminosos voltaram a chegar ao cofre, mas não conseguiram arrombá-lo.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 5

Publicado

em

Valor mínimo para cada família é R$ 400

Economia, Moeda Real,Dinheiro, Calculadora

A Caixa paga nesta segunda-feira (24) o Auxílio Brasil a beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 5. O valor mínimo do benefício é de R$ 400. As datas seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês.

Neste mês, foram incluídas 3 milhões de famílias no programa, aumentando para 17,5 milhões o total atendido. Segundo o Ministério da Cidadania, serão gastos R$ 7,1 bilhões em janeiro com o Auxílio Brasil.

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e o aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Sesacre se posiciona sobre boato de menina que teria passado mal após tomar vacina; caso está sendo investigado

Publicado

em

Hospital Regional do Alto Acre em Brasiléia – Foto: Alexandre Lima

Por Tião Maia

A informação de que uma criança do sexo feminino tenha passado mal após ser imunizada com a vacina pediátrica contra o coronavírus, na sexta-feira em Brasiléia, interior do Acre, mereceu uma nota de esclarecimento emitida pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre). A nota é assinada pela própria secretária Paula Augusta Maia de Faria Mariano e busca combater a propagação de Fake News feita por negacionistas e militantes antivacina, afirmando que a menina de Brasileia adoecera após ser imunizada.

“Sobre os boatos que vem circulando nos grupos de WhatsApp e outras redes sociais, de que uma menor passou mal após ser vacinada contra a covid-19 no município de Brasileia, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), esclarece que o caso está sendo investigado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica e acompanhado pelo Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE)”, diz a secretária no início da nota. “Contudo, é importante destacar que, até o momento, não há comprovação de que o fato esteja relacionado ao imunizante”, acrescenta.

A seguir, a nota emitida pela secretária:

“Informamos, ainda, que a menor deu entrada no Hospital Regional de Brasileia na sexta-feira, 21, às 9h22, com queixa de dores abdominais, febre, cefaléia, diarréia e vômito. A mesma recebeu toda assistência necessária e foi medicada de acordo com a conduta do médico plantonista, que solicitou exames laboratoriais e de imagens para auxiliar no diagnóstico.

A criança está estável, em observação clínica e tratamento de gastroenterite, que foi o diagnóstico da mesma. Até o momento, não tem gravidade que justifique transferência.

Ressalta-se que a vacinação é a melhor estratégia para garantir maior segurança, controle da pandemia e imunização para a população. Portanto, é importante não compartilhar informações falsas que prejudique a continuidade da imunização em nosso Estado.

Rio Branco, 22 de janeiro de 2022.
Paula Augusta Maia de Faria Mariano
Secretária de Estado de Saúde do Acre”.

Comentários

Continue lendo

Em alta