“Eram dois moleques”, definiu um colega da vítima, que assistiu o fato. “Nem na faculdade a gente não tem mais sossego”

O estudante de contabilidade da Fameta Wenderson Campelo, de 27 anos, foi baleado na noite desta terça-feira (19), no pé direito, após uma tentativa de assalto. O crime ocorreu por volta das 19h30min, quando o estudante chegava para a aula.

As universidades públicas ou privadas, assim como outras escolas do Estado, principalmente na Capital Rio Branco, são visadas pelos ladrões. Ao que tudo indica, as vítimas preferenciais dos bandidos são donos de motos, homens e mulheres.

No caso de Wenderson, os dois assaltantes o surpreenderam quando o estudante estacionava a moto na frente da faculdade. Eles anunciaram o assalto com uma arma, um revólver de aparente calibre 38, e como a vítima se assustou, houve o disparo. O bandido errou o alvo e acertou o pé direito o do rapaz. Ele foi socorrido pelo Samu.

“Eram dois moleques”, definiu um colega da vítima, que assistiu o fato. “Nem na faculdade a gente não tem mais sossego”, definiu outro.

A direção da Fameta tem feito reiterados pedidos para que a polícia intensifique rondas nas imediações da faculdade, principalmente nos horários de entrada e saída dos estudantes.

Comentários