Agência ContilNet

No município de Sena Madureira, uma estudante de 17 anos foi brutalmente espancada por outras cinco garotas, quando estava a caminho da escola. A informação é do site Sena 24 Horas.

O crime aconteceu na noite de sexta-feira (25). A vítima estuda na escola municipal Guttemberg Modesto da Costa e mora na rua Antônio Soares da Silva, bairro da Vitória.

A garota conta que foi abordada, agredida e ameaçada de morte, sob a ponta de uma faca, quando se dirigia à escola. Com o uniforme cortado a faca e com marcas de roxo por boa parte do corpo, a estudante foi socorrida por populares e levada ao Pronto Socorro.

Informações mais recentes dão conta de que a jovem afirmou que as agressoras, cerca de cinco garotas desconhecidas, residem no bairro Cristo Libertador.

Ela conta que a humilhação foi grande e que “teve que implorar para não morrer”. O que deixa os familiares mais curiosos é o fato de não haver motivos para a agressão; eles suspeitam que ela pode ter sido confundida com outra pessoa.

Não há informações sobre o paradeiro das agressoras. A estudante é oriunda da zona rural, do rio Iaco, e chegou à cidade há poucos meses para estudar.

Após as agressões, a garota ficou em estado de choque, não estava se alimentando e permanecia no quarto. Atualmente, o site afirma que a garota já se alimentou, mas seu corpo ainda tem muitas marcas de unha. A garota está com medo de ir à escola, pois teme nova agressão.

Comentários