Ocimar Pinheiro, desapareceu no sábado (18) quando saiu de Plácido de Castro para fazer trabalhos na capital, Rio Branco.

Por Karolini Oliveira, G1 AC
Ocimar Paulo Cabral Pinheiro, de 49 anos, está desaparecido há quatro dias (Foto: Arquivo da Família)

A família de Ocimar Paulo Cabral Pinheiro, de 49 anos, faz apelo por notícias do autônimo que está desaparecido desde o sábado (18), quando saiu de Plácido de Castro para fazer trabalhos na capital, Rio Branco. Familiares estão preocupados e pedem por qualquer informação sobre o paradeiro dele.

A filha de criação do autônomo, Jaiana Pinheiro, disse que o pai saiu de casa há quatro dias para ir à casa da mãe, mas ficou de voltar no dia seguinte. “Ele foi para Rio Branco consertar a bomba de água da casa que minha mãe tem alugada. Depois foi à casa de uma tia para deixar um dinheiro, mas ninguém teve mais notícias dele logo que saiu de lá”, falou.

Ainda segundo a filha, Pinheiro pode ter sumido por causa das drogas ou por motivos de saúde. “Ele já tinha feito isso outras vezes, só que sempre a gente tinha notícias e agora a gente não sabe nada. Ele também têm problemas de saúde que fazem ele ter convulsões. Estamos todos preocupados com isso”, acrescentou.

A filha disse ainda que o irmão, que mora em Rio Branco, fez buscas em locais que o pai costumava ir, mas não o encontrou. Ele também chegou a ir ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer identificação de dois corpos, mas nenhum foi reconhecido por ele.

Comentários