Moto Honda azul, estilizada ficou exposta durante encontro em Epitaciolândia.
Alexandre Lima

Um encontro entre clubes de motociclistas da fronteira com grupos da Capital durante o dia deste domingo, dia 01 de outubro, por pouco não termina com uma história nada boa no final do dia.

O programa organizado no Clube Guaritas, na cidade de Epitaciolândia, reuniu amantes de motos de Brasiléia, Epitaciolândia, Sena Madureira e do estado vizinho de Rondônia, além de amigos que estavam de passagem pela fronteira vindo do Peru.

Motociclista e músico Max, sofreu ferimentos leves após a queda.

O evento contou com um almoço onde todos puderam ouvir uma banda de rock, para em seguida, alguns retornarem à Capital, distante cerca de 240km ao menos. Foi quando um grupo estava pouco mais de 20km de Epitaciolândia quando aconteceu um acidente.

O musico Max Dean Araújo Fernandes (33), perdeu o controle de sua moto modelo Honda/Shadow, placa MZQ 1571, após tentar desviar um buraco, fazendo com que caísse, lhe causando alguns ferimentos e danos materiais no veículo.

Socorristas dos Bombeiros foram acionados e após realizar os primeiros socorros, resgataram o musico para o hospital de Brasiléia, onde foi atendido e medicado. Max não apresentava ferimentos graves e possivelmente ficaria em observação por algumas horas.

Moto ficou danificada após a queda na estrada.

Segundo os motociclistas, a revolta fica para o descaso por parte dos órgãos responsáveis pela BR 317, que é um corredor turístico importante para o Acre, uma vez que liga aos países vizinhos da Bolívia e do Peru.

Em tempo, são trechos que já foram investidos muito dinheiro. Entre os municípios de Xapuri e Epitaciolândia, faltando cerca de 30km, os motoristas são obrigados a reduzir a velocidade devido os buracos capazes de furar pneus até de caminhão.

Já no sentido Brasiléia/Assis Brasil, após o 50 dos 110km no total, cerca de três pontos exigem que os motoristas praticamente parem seus veículos, caso não, poderão ter problemas de pneus, quebrar o veículo, ou, vir a se envolver em acidentes saindo da BR caindo nos barrancos lateriais.

Momento da chegada de Max no hospital de Brasiléia.

 

Comentários