Flaviano provoca DNIT para recuperar avenidas de Brasileia

Vias servem de passagem para quem transita na BR-317 Um encontro casual entre o deputado federal Flaviano Melo (PMDB-AC) e o supervisor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)...

FLAVIANOQUERSABER364Vias servem de passagem para quem transita na BR-317

Um encontro casual entre o deputado federal Flaviano Melo (PMDB-AC) e o supervisor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Acre, João Bosco, acabou tornando-se benéfico para os moradores de Brasiléia. Os dois conversaram em Capixaba, quando Flaviano dirigia-se ao Alto Acre para realizar convenções dos diretórios municipais do PMDB. Consciente dos problemas das avenidas Marinho Monte e Rui Lino que atravessam o centro de Brasiléia e servem de passagem para os veículos que transitam pela BR-317, Flaviano convidou Bosco para uma reunião com o prefeito de Brasiléia Everaldo Gomes (PMDB), neste final de semana.

Os três conversaram na prefeitura para encontrarem uma solução já que as avenidas fazem parte do Projeto CREMA do Governo Federal, que prevê a restauração, manutenção e preservação das rodovias brasileiras. No entanto, existem recursos do Ministério da Defesa e de emendas parlamentares para a duplicação e urbanização da avenida Marinho Monte.

“Como já tem um convênio com o Ministério da Defesa vamos ter que estudar para que não haja duplicidade. Vamos ver com a prefeitura maneira mais correta de realizar o tapa buracos na avenida que integra a Rodovia do Pacífico. Porque o DNIT através das empresas contratadas está trabalhando em todo o trecho da BR-317 até 50 KM depois de Brasiléia em direção a Assis Brasil, que será restaurado posteriormente,” afirmou João Bosco do DNIT.

O deputado Flaviano Melo (PMDB) ressaltou que é difícil para o prefeito Everaldo Gomes (PMDB) fazer a manutenção das avenidas do município que recebem trafego intenso da rodovia internacional. “O prefeito não vai ter condições nunca de fazer frente a manutenção de uma rodovia por onde passam milhares de carros diariamente. Quem tem cuidar disso que é o DNIT. Os representantes do DNIT estão estudando o que é possível fazer para que as avenidas Rui Lino e Marinho Montes tenham uma trafegabilidade normal que sirvam aos moradores de Brasiléia e aos usuários da Rodovia do Pacífico. Como parlamentar estou tentando mediar esse conflito para resolver o problema da população de Brasiléia,” destacou Flaviano.

Outra questão é a emenda de Flaviano Melo de R$ 2 milhões para a duplicação e urbanização da Marinho Monte com ciclovia e jardinagem. “O DNIT tem que fazer a sua parte. Para concluir essa obra a prefeitura, o DNIT e o Ministério da Defesa precisam entender-se para beneficiar a população do município,” concluiu o deputado.

O prefeito Everaldo Gomes (PMDB) afirmou que é preciso encontrar uma forma de melhorar a situação das avenidas. Segundo ele, com os buracos que existem atualmente os principais prejudicados são os comerciantes e a população da região.  “Esperamos que o João Bosco consiga nos trazer o superintendente do DNIT para ver de perto a situação do município e a precariedade das Avenidas que ligam a BR 317. Temos que encontrar uma forma de contemplar a população com os serviços de tapa buracos pelo menos, até que as obras de duplicação sejam realizadas”, afirmou o Prefeito.

Comentários