Conecte-se conosco

Acre

Alerta: Foco da raiva bovina é identificado em propriedade rural no Acre e 18 animais morreram com sintomas da doença

Publicado

em

Por Alcinete Gadelha, g1 AC

Foco da raiva bovina é identificado em propriedade rural no interior do AC; 18 animais morreram com sintomas da doença — Foto: Arquivo/Idaf

Foco da raiva bovina é identificado em propriedade rural no interior do AC; 18 animais morreram com sintomas da doença — Foto: Arquivo/Idaf

Um foco de raiva bovina foi detectado em uma propriedade rural, na cidade de Sena Madureira, no interior do Acre, onde 18 animais morreram com suspeita da doença. As informações foram confirmadas pelo Instituto de Defesa e Agropecuária Florestal (Idac), que faz o monitoramento.

Ainda conforme o Idaf, só foi possível fazer a coleta de um dos animais, que teve o caso confirmado por exame laboratorial, mas considera como foco devido às outras mortes terem ocorrido no mesmo período e os animais terem apresentado sintomas.

A raiva em bovinos é transmitida pela mordida do morcego, que, além de matar o animal infectado pela doença, também pode ser transmitida para humanos.

Em junho do ano passado, o Idaf tinha registrado a morte de sete animais da área rural de quatro cidades no interior do Acre nos meses de dezembro de 2020 e maio de 2021. Os casos deste ano foram informados ao Instituto no início de junho.

“Nessa área, nós temos um foco de raiva, com um caso positivo laboratorial e na investigação foi detectado que na propriedade morreram 18. Não podemos afirmar porque não foi possível fazer o exame, mas, pelo período da doença, é detectado como raiva. Se morrer algum animal, em um período de três meses com os mesmos sintomas, a gente considera que ainda seja raiva, pelo período de incubação da doença”, disse a chefe do Programa de Combate da Raiva do Idaf, a veterinária Maria do Carmo Portela.

Quando o veterinário foi até a propriedade, foi feita a orientação aos moradores sobre a vacinação do rebanho, além de investigar se as pessoas tiveram contato com o animal infectado, com a saliva, que é o que a via de transmissão.

“A saliva é o que contém o vírus, e quem trabalha na área rural, pode ter machucado nas mãos, então, é feita a investigação para ver se a pessoa teve contato com a saliva e, no caso, é enviado para a secretaria de saúde do município para a pessoa tomar a vacina. Também é solicitado ao proprietário faça a vacinação do rebanho”, acrescentou.

O trabalho do Idaf, nestes casos é orientar quem teve contato com o animal doente busque a unidade de saúde, e também faça a vacinação do rebanho. Se tiver muitos sinais de mordidas de morcego, ainda é feita a captura dos animais para tentar amenizar a situação, com o controle da colônia dos morcegos.

A propriedade está sob monitoramento e deve receber mais uma visita técnica, com um levantamento se houve mais alguma propriedade com sinais de espoliações de morcego e ou morte com sintomas de raiva, para que seja feito um trabalho de educação sanitária na área.

Animal espoliado por morcego — Foto: Arquivo/Idaf

Animal espoliado por morcego — Foto: Arquivo/Idaf

Sintomas

Entre os sintomas estão o isolamento do animal, perda de apetite, salivação abundante, perda de equilíbrio, quedas e estiramento do pescoço.

Comentários

Acre

“Amigo do Bope” – Alan Rick é homenageado pelo Batalhão de Operações Especiais da PM

Publicado

em

Foto: Júnior Galvão

Nesta sexta-feira, 12 /08, o deputado federal licenciado Alan Rick foi homenageado com a placa de “Amigo do Bope”, entregue a personalidades que contribuíram para estruturação e fortalecimento do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar. A entrega ocorreu durante a solenidade que comemorou os 26 anos do Batalhão.

“Estou muito feliz e extremamente honrado por receber essa homenagem no dia da comemoração dos 26 anos do nosso BOPE. Sou um apoiador da Polícia Militar. Durante os meus mandatos destinei mais de R$ 18 milhões para a nossa segurança pública.” – disse o parlamentar licenciado.

O comandante do Batalhão de Operações Especiais, tenente-coronel Rômulo Modesto, fez uma fala de agradecimento a Alan Rick. “Fazemos esse reconhecimento aos parlamentares, destacando o trabalho do deputado Alan Rick que trouxe grandes benefícios ao nosso batalhão, como, os recursos destinados a aquisição de viaturas, ao nosso estande de tiro, e a unidade de policiamento com cães que fazem com que o nosso batalhão tenha um salto de qualidade nos seus serviços.” – completou.

Essa é a segunda homenagem dedicada pela PM, em 2022, ao deputado Alan Rick. Em julho, o parlamentar recebeu a Medalha de Mérito Coronel Fontenele de Castro, concedida a quem presta relevantes serviços à causa pública e para o progresso da Polícia Militar.

Comentários

Continue lendo

Acre

Construção de novo posto policial em Puerto Evo Morales potencializa o combate a crimes transfronteiriços na região do Baixo Acre

Publicado

em

Em consonância com deliberações do Comitê Integrado de Fronteira, instituído por meio de carta de intenções, na cidade de Santa Cruz de La Sierra, em abril deste ano, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), representada pelo seu coordenador de Integração Operacional, coronel Glayson Dantas, e pelo coordenador-geral do Gefron-AC, coronel Evandro Bezerra, participou, na tarde desta sexta-feira, 12, em Puerto Evo Morales (Bolívia), da apresentação do projeto de construção do novo posto policial na entrada daquela cidade.

De acordo com comandante departamental de Pando, o coronel da Polícia Nacional da Bolívia (PNB) Julio Monroy, “a segurança na Vila de Puerto Evo vai aumentar consideravelmente, inclusive com mais efetivo policial e uma viatura nova, exclusiva para o posto”. O engenheiro responsável pelo projeto afirmou que em 60 dias começa a construção do posto, situado logo na saída da ponte que liga a cidade boliviana com o município de Plácido de Castro, no Acre.

Durante o evento, os representantes da Sejusp confirmaram, para a próxima semana, o início das operações integradas das forças de segurança do Acre com a Polícia Nacional da Bolívia, com o propósito de prevenir e reprimir a prática de crimes transfronteiriços na região.

Do ato, além das autoridades policiais bolivianas, também participaram o comandante 4° BPM, capitão Freitas, o comandante da Companhia Independente de Plácido de Castro, tenente J. Ferreira, moradores e comerciantes das duas cidades fronteiriças.

Comentários

Continue lendo

Acre

PM que perdeu o controle de moto e bateu em coluna morre no PS de Rio Branco

Publicado

em

O policial militar Stefano Sebastiam Moreira Loriato, de 35 anos, que foi vítima de grave acidente de trânsito na madrugada de quarta-feira (10), na região do bairro Vila Nova, em Rio Branco, morreu na tarde desta sexta-feira (12) na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do pronto-socorro da capital.

Segundo informações de populares, Stefano trafegava em uma motocicleta pela Estrada das Placas, quando acabou perdendo o controle do veículo nas proximidades da antiga distribuidora de bebidas Belco e bateu fortemente contra uma coluna de concreto instalada na calçada. Com impacto, a vítima caiu a cerca de 25 metros e desmaiou. Na colisão, a moto ficou totalmente destruída.

Stefano tinha formado em Odontologia/Foto: Reprodução

Populares ajudaram o homem e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma ambulância de suporte básico. Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e, devido à gravidade do estado da vítima, foi pedido apoio da ambulância de suporte avançado (01), que conseguiu estabilizar o quadro clínico do motociclista.

O homem foi encaminhado ao pronto-socorro de Rio Branco em estado de saúde gravíssimo, com um traumatismo crânio encefálico grave, trauma no tórax fechado, fratura na perna e um corte grande nas costas. Após ser submetido a uma intervenção cirúrgica, ele ficou internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), mas não resistiu e morreu na tarde desta sexta-feira.

O corpo de Stefano foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame cadavérico.

Ainda segundo apurado pela reportagem, Stefano era formado em Odontologia e recentemente havia passado no concurso da Polícia Militar do Acre. Ele estava comemorando com amigos por ter finalizado o curso de aluno soldado e, na madrugada, saiu para comprar um energético, quando o acidente aconteceu.

Comentários

Continue lendo

Em alta