Quase cinco quilos de cocaína foram apreendidas pelo Gefron

O Grupe Especial de Fronteira (Gefron), criado pelo governo do Acre através da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp), já vem realizando trabalhos nas regiões de fronteira e obtendo resultados.

Na tarde desta sexta-feira, dia 8, um taxi lotação que vinha da fronteira com o Peru, foi parado no entroncamento de acesso ao município de Xapuri, localizado na BR 317. Este levava quatro homens de nacionalidade peruana e teriam saído da cidade de Lima, capital do país, com destino à Rio Branco.

Em conversa de praxe, os mesmo começaram a levantar suspeitas já que queriam como parada final, a capital do estado de São Paulo. Ao revistarem suas bagagens, desconfiaram que as mesmas apresentavam um peso acima do normal.

Policias do Gefron na sede da delegacia da PF, onde entregaram os peruanos e a droga apreendida.

Foi quando revistar mais detalhadamente e encontraram escondidos, vários volumes que continha um pó branco. Ao realizarem os testes, foi constatado que estavam contrabandeando cloridrato de cocaína e receberam voz de prisão em flagrante.

Os peruanos foram identificados; Janio Ramiro Sanchez (54), Mario Artidoro Romero Rios (60), Jorge Saavedra Umbo (31) e Hugo Alfredo Ramirez, de 36 anos. Todos foram conduzidos para a delegacia da Polícia Federal localizada na cidade de Epitaciolândia, onde seria efetuado os trabalhos de praxe, para depois serem levados para a Capital, ficando à disposição da Justiça.

Após ser pesada, toda a droga pesou quase cinco quilos. Os quatro peruanos responderam por tráfico internacional de drogas, podendo ser condenados em até 15 anos de reclusão.

 

Comentários