Participando do projeto desde 2017, Cruzeiro do Sul tem o melhor resultado da Região Norte da Qualificação da Causa Básica de Morte (garbege). A capacitação visa melhorar a investigação da causa óbito. 

“Quando nós começamos, tínhamos uma taxa de causa vagas e mal definidas de óbitos muito elevada. Iniciamos em 2017, qualificamos o corpo técnico e começamos a trabalhar com o corpo clínico do município e maternidade.  Através disso, qualificamos os médicos. Atualmente, Cruzeiro do Sul é o município do Norte com a melhor qualificação da causa básica de óbito”, explica a secretária de Saúde, Juliana Pereira.

As causas de óbito não definidas caíram de mais de 40% para 5,7% na gestão do prefeito Ilderlei Cordeiro. “Quando eu tenho uma causa de óbito definida, eu consigo identificar os males que afetam a população. A partir disso, consigo montar formas de prevenção”, endossou a gestora.

Em Cruzeiro do Sul um dos maiores índices de óbitos está relacionado aos hipertensos, a partir disso, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, implantou um programa de prevenção.

Comentários