Gladson Cameli assina contrato de parceria para melhorias de ramais em Epitaciolândia

Governador lançou nesta sexta-feira, 19, mais uma fase do programa na fronteira, cujo objetivo é melhorar o escoamento da produção e o transporte escolar na zona rural

Quarenta e dois quilômetros separam a casa de Isabel Cristina da Silva, 28 anos, do centro de Epitaciolândia, cidade a 240 quilômetros de Rio Branco, na fronteira com a cidade boliviana de Cobija. O que parece ser uma distância relativamente pequena para as 70 famílias que compõem a Associação de Produtores Rurais Esperança se torna uma eternidade no período invernoso por causa do lamaçal que toma de conta dos ramais da região.

A sorte, no entanto, começou a mudar para a comunidade de Isabel com a chegada de mais uma frente de serviços do Governo do Estado do Acre e da Prefeitura de Epitaciolândia, anunciada pessoalmente pelo governador Gladson Cameli, na manhã desta sexta-feira, 19. Esta é mais uma etapa do Programa Ramais do Acre 2019, cuja primeira fase em Epitaciolândia e Brasileia – cidades separadas apenas pelo Rio Acre –, tiveram início ainda no início de junho passado.

“Estávamos precisando muito que o governo e a prefeitura olhassem para nós. Há muitos anos que não temos melhorias. Com a recuperação dos ramais, o passo seguinte, se Deus quiser, será a construção de uma ponte e a formalização dos corredores por dentro das fazendas, que hoje não estão organizadas por falta de vontade dos fazendeiros locais. Mas aí já é outra história”, pondera Isabel da Silva, que além de assistente social do município é presidente da associação de produtores.

Em Epitaciolândia, o repasse de R$ 410 mil pelo Estado, por meio do Ramais do Acre, possibilitou à equipe do prefeito Tião Flores comprar 12 pneus de máquinas pesadas, fazer os reparos de tratores e caminhões parados por falta de manutenção, e adquirir 40 mil litros de diesel para abastecer as retroescavadeiras que hoje trabalham plenamente na recuperação dos ramais, facilitando o transporte escolar e o escoamento da produção de hortifrutigranjeiros, além do rebanho suíno que abastece o frigorifico Dom Porquito e do plantel de aves fornecido para o abatedouro Acre Aves. Ambas as empresas são instaladas em Brasileia, sendo que a Dom Porquito é exportadora de carne suína para países como o Peru e o Equador, dentro do continente, e para a China, na Ásia, por meio dos portos peruanos via Oceano Pacífico.

Para o governador Gladson Cameli, com mais esta etapa o governo mostra que tem compromisso com as prefeituras e com seus trabalhadores rurais. “Queremos oferecer mais qualidade de vida às pessoas que estão produzindo, dentro dos nossas colônias, de nossos projetos agroextrativistas, porque eles merecem ser valorizados. E torno a falar que nosso governo não olha para bandeiras partidárias, mas é pautado pelo respeito às pessoas de todos os nossos municípios, independente do prefeito ser do partido ‘A’ ou ‘B’”, afirmou Cameli para trabalhadores rurais, professores, lideranças rurais e funcionários públicos estaduais e municipais e de várias pastas.

Participaram também da solenidade o prefeito de Epitaciolândia, Tião Flores; a prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem; o deputado federal Manoel Marcos; o deputado estadual Antonio Pedro; o presidente da Câmara de Vereadores de Epitaciolândia; o vereador José Antonio da Silva, além de lideranças locais como Chiquinho Chaves e Sebastião Ferreira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Epitaciolândia.

O diretor do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), Ítalo Medeiros, o presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Tião Bocalom, e o presidente do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), André Hassem, também se fizeram presentes.

O que eles disseram

“As cidades de Epitaciolândia e Brasileia agradecem ao governador Gladson Cameli pelo empenho de trazer benefícios tão importantes para a nossa população. Somos cidades irmãs, separadas por um rio, mas unida por uma ponte e por nossos corações. Muito obrigado, governador”. (Tião Flores, prefeito de Epitaciolândia).

“O bom governo é esse, que dialoga com os municípios, onde as coisas do estado realmente aconteçam e esse olhar que o governador Gladson Cameli tem pelas cidades, sem levar em consideração siglas partidárias, demonstra a nobreza de um homem público que entende que a população vem em primeiro lugar”. (Fernanda Hassem, prefeita de Brasileia).

“O que o governador está trazendo é qualidade de vida para essas pessoas que precisam levar seus filhos para a escola com dignidade e que precisam escoar a sua produção. Nós já viemos aqui em outra oportunidade entregar centenas de licenças ambientais para criadores de suíno e de aves. Agora, com os ramais sendo abertos neste verão, tudo melhora ainda mais para essas famílias”. (André Hassem, presidente do Imac).

“O município sem o governo não pode fazer nada. E é buscando melhorias para o homem do campo que se valoriza cada um desses trabalhadores, que tanto merecem a atenção dos seus governantes. A Câmara de Vereadores de Epitaciolândia agradece ao governador Gladson Cameli”. (José Antônio da Silva, presidente da Câmara de Vereadores de Epitaciolândia).

Texto: Resley Saab / Assecom


 

Comentários