O governador Gladson Cameli está agora pela manhã reunido em São Paulo com diretores do Banco Pactual para debater o refinanciamento da dívida do Estado. Esta pode ser uma maneira de diminuir a dívida de curto e médio prazo do Acre, da forma incentivada pelo setor econômico do governo federal, que sugeriu negociações com os bancos nacionais. O governo federal pode dar o aval necessário para as operações, que estenderiam a dívida a juros menores, prazos maiores e condições mais favoráveis.

Amanhã, o governador Gladson Cameli participa de café da manhã, já em Brasília, com os demais governadores, os presidentes da Câmara e do Senado para debater propostas ligadas ao novo pacto federativo e às contrapartidas aos estados no processo de aprovação das reformas.

No final da semana passada, o governo federal acenou com a possibilidade de antecipação de receitas para fazer frente à dificuldade financeira dos estados. O presidente Bolsonaro também repetidas vezes tem afirmado que é necessário uma divisão mais justa com os entes federativos dos recursos públicos

Comentários