O candidato ao governo do Acre, Gladson Cameli, foi o convidado do Simpósio Fé e Política promovido pela Faculdade Diocesana São José (FADISI), nesta quarta-feira (26), com o intuito de contribuir para um maior conhecimento das propostas contidas no Plano de Governo da coligação Mudança e Competência.

Durante cerca de trinta minutos, Gladson explanou sobre gestão, infraestrutura, agronegócio, segurança, saúde e educação para, posteriormente, ser sabatinado com perguntas elaboradas pela coordenação do evento e de pessoas da plateia.

Questionado por um dos presentes sobre como será a relação entre igreja e estado, caso seja eleito, o candidato a governador respondeu que pretende trabalhar em parceria, por conta dos programas sociais exitosos já desenvolvidos pela instituição religiosa.

“Nossa relação será de total respeito com as igrejas. Destacamos aqui o papel fundamental exercido ao longo de muitos anos pelas instituições religiosas. Vamos trabalhar para reforçar e ampliar os programas executados pelas igrejas, principalmente, os que possam resgatar os nossos jovens das drogas. Para isso, vamos firmar convênios para atender o maior número de pessoas”, disse Gladson ao explicar uma de suas ações na área de assistência social.

Após o debate, o mediador do evento padre Jairo Coelho entregou uma carta de intenções para que Gladson assumisse compromissos como manter um diálogo permanente com as instituições da sociedade civil, facilitar a implementação conjunta de políticas públicas para a consolidação da democracia com justiça, fortalecer as parcerias com a iniciativa privada que complementem os serviços oferecidos pelo sistema único de saúde, participação popular no governo, entre outros.

“A política está a serviço da pessoa e deve respeitar as exigências morais favorecendo a dignidade. Aqui, temos a oportunidade de externarmos o que queremos para o Acre do amanhã”, disse padre Jair Coelho.

Comentários