Após se reunir com o secretário de Educação, Mauro Sérgio da Cruz, diretores do Colégio do Acreano e pais de estudantes envolvidos na tragédia, o governador Gladson Cameli disse que o sentimento é de “dor”. Com a voz embargada, Cameli disse que determinou que uma aeronave vá ao Vale do Juruá ainda na noite desta segunda-feira (12) levando o pai da adolescente que veio a óbito no acidente.

“O que eu não posso querer é assistir uma situação dessa e que as coisas demorem acontecer. A minha como governador é tentar amenizar essa dor dos familiares. O sentimento de dor, porque eu sou pai e só sabe a dor e um amor que um pai tem pelo um filho é quando ele é pai”, disse Gladson Cameli.

Gladson Cameli disse que a aeronave tem capacidade para 15 passageiros. Ele não confirmou que os estudantes retornem ainda hoje, isso porque tem todo um procedimento tanto do quadro clínico dos estudantes, quanto das normas de voos. Mas, disse que o Estado está à disposição das famílias atingidas pela tragédia.
Para o governador, o momento não é de encontrar culpados, mas pediu uma imediata investigação para apurar as causas do acidente.

A morte de uma segunda adolescente não foi confirmada pelo IML em Cruzeiro do Sul.

Comentários