Conecte-se conosco

Extra

Governo anuncia mais de 3 milhões em obras para Assis Brasil

Publicado

em

O prefeito Jerry Correia recebeu na tarde desta quinta-feira, 27, o Diretor do Deracre, Petrônio Antunes, a Diretora do Detran/Acre, Taynara Martins e o Secretário da SEINFRA, Cirleudo Alencar. Acompanharam a agenda institucional os vereadores Jura Pacheco, Wermerson Martins, Francisco Moura, Eduardo Marques e Adelson Cunha, além do vice-prefeito, Reginaldo Martins.

Os três secretários de estado foram à Assis Brasil por ordem do governador Gladson Cameli para anunciar um investimento de mais de 3 milhões de reais em obras. Algumas delas já estão em fase de conclusão e o maior volume do recurso será aplicado em recuperação de ruas.

“Por determinação de nosso governador vamos apoiar o município de Assis Brasil em algumas obras de infraestrutura, principalmente na recuperação de vias públicas”, disse o Diretor do Deracre, Petrônio Antunes.

O secretário da SEINFRA, Cirleudo Alencar, disse que o anúncio é fruto do compromisso do governador com todas as cidades do Acre e também do empenho do prefeito Jerry em buscar as parcerias.

“Estamos tocando obras em todas as cidades do estado. Aqui em Assis Brasil temos um prefeito parceiro e dedicado, que sempre buscou o governo para as boas parcerias”, disse.

O governo está concluindo em Assis Brasil as obras de reforma da Delegacia de Polícia, do quartel da Polícia Militar e da nova sede do DETRAN. Ainda este ano serão iniciadas na cidade a reforma e ampliação do hospital e a construção da sede do Ministério Público.

Dentro do pacote de obras anunciado para Assis Brasil estão: pavimentação de cerca de 4 quilômetros de ruas, construção de uma ponte sobre o Igarapé Cascata e reforma do mercado Benedito Batista.

“Mais um vez o governador Gladson cumpre com seu compromisso com o povo de Assis Brasil. Isso é fruto de uma relação de confiança e busca pelo bem da população. Nossa gratidão ao governador e toda sua equipe”, comemorou o prefeito.

Comentários

Extra

Polícia Civil Xapuri prende contrabandista com carga cigarros da Bolívia

Publicado

em

A Delegacia de Polícia Civil de Xapuri prendeu nesta sexta-feira, 27, um homem que transportava 200 pacotes de cigarros produto de descaminho, adquiridos na Bolívia.

Gustavo Neves, titular da Delegacia de Xapuri, disse que os cigarros eram destinados a abastecer o comércio local.

A equipe de investigação coordenada pelo Inspetor Investigador Eurico Feitosa viu um táxi entrando na cidade em atitude suspeita e mandou que o veículo parasse, mas o condutor do veículo não obedeceu e passou pelos policiais em alta velocidade.

Houve perseguição do veículo e minutos depois os policiais civis conseguiram alcançar o táxi. Foram encontradas diversas caixas de cigarros no porta-malas do carro. O motorista do veículo foi levado para a delegacia e a carga de cigarros foi apreendida.

Comentários

Continue lendo

Extra

IRPF 2022: Mais de 79 mil entregaram a declaração no Acre 

Publicado

em

Prazo termina dia 31 de maio

Até as 10h de hoje, 27/05, 79.315 contribuintes entregaram a declaração em todo o estado do Acre, o que corresponde a 91,4% do esperado que é de 86.764 declarações. Já na 2ª Região Fiscal, que é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, 1.359.267 contribuintes cumpriram a obrigação Federal.

Lotes de Restituição

Mensalmente a Receita Federal recebe da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) recursos para pagar as restituições e cria lotes bancários. A inclusão de contribuintes nesses lotes obedece aos seguintes critérios legais:

  1. idosos;
  2. contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério;
  3. demais contribuintes.

Havendo empate nos critérios, quem entregou primeiro tem prioridade.

Lotes de 2022 

Lote 

Data 

Selic 

Declarações transmitidas até* 

31/05/2022 0,00%
30/06/2022 1,00%
30/07/2022
31/08/2022
30/09/2022

. Data válida para as declarações processadas e sem pendência(s).

. A data de transmissão considerada é a da última declaração transmitida.

É bom alertar que quem estiver obrigado a entregar a declaração e não fizer até o fim do prazo estará sujeito à multa. O valor da multa é de 1% ao mês, sobre o valor do imposto de renda devido, limitado a 20% do valor do imposto de renda. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74.

A multa é gerada no momento da entrega da declaração e a notificação de lançamento fica junto com o recibo de entrega e o contribuinte terá 30 (trinta) dias para pagar a multa. Após este prazo, começam a correr juros de mora (taxa Selic).

Não deixe para o último dia e evite multa.

Se ainda restarem dúvidas, acesse o perguntão

Comentários

Continue lendo

Extra

Governo participa de reunião para implantação do Gabinete de Gestão Integrada e Fronteira Internacional

Publicado

em

Na reunião foi solicitada a facilitação de acessos aos aeroportos vizinhos, do Peru e da Bolívia

O governo do Estado participou nesta quinta-feira, 26, na sede da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), de uma reunião para avaliação das operações das forças-tarefas deflagradas nas regiões do Alto e Baixo Acre, no período de 5 de abril a 23 de maio, e também para tratativas de implantação do Gabinete de Gestão Integrada e Fronteira Internacional (GGIF-I).

Reunião contou com a participação do govenador e de representantes dos países Bolívia e Peru. Foto: Diego Gurgel/Secom

O Gabinete de Gestão Integrada e Fronteira Internacional GGIF-I visa integrar as forças de segurança pública que atuam nas regiões fronteiriças do Acre e do Departamento de Pando, na Bolívia, e tem o objetivo comum de prevenir e reprimir o narcotráfico, crimes ambientais, tráfico de pessoas, contrabando e descaminho.

O encontro é fruto de uma tratativa firmada com o governo boliviano em uma reunião realizada em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, no dia 20 de abril deste ano, com as participações do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), coronel Paulo Cézar Rocha dos Santos, e o ministro de governo plurinacional daquele país, Carlos Eduardo Del Castillo, quando trataram da segurança transfronteiriça, envolvendo os dois países, principalmente em área abrangente à região do Alto Acre, pelo lado brasileiro, resultando na deliberação de proposições voltadas à prevenção e combate aos crimes transfronteiriços, em Carta de Intenções celebrada pelas autoridades brasileiras e a cúpula do governo boliviano voltada à área de segurança.

Governador agradeceu a presença de todos e destacou a importância da cooperação entre os países. Foto: Diego Gurgel/ Secom

O governador Gladson Cameli destacou, quanto às fronteiras, a importância de se diminuir cada vez mais o contrabando de veículos e aproveitou a oportunidade para pedir um acesso mais facilitado aos aeroportos vizinhos dos países representados na reunião, Peru e Bolívia, para possíveis emergências, tanto para o âmbito da segurança, quanto para o âmbito da saúde, dentre outros.

“Aqui mostra-se de fato e de direito o compromisso do governo peruano, do governo boliviano, do governo do Acre, por meio da Secretaria de Segurança, juntamente com o nosso governo federal. Aqui são várias pautas que se iniciam voltadas à segurança e vão abrir portas para, futuramente, alinharmos com a questão de transporte aéreo”, destacou o governador.

O titular da Sejusp explica que  houve um recuo nos números dos indicadores de violência registrados na região do Alto Acre, e também a produção integrada de conhecimento, por meio de cursos e capacitações, troca de tecnologias, dentre outros.

Principal objetivo das ações é o combate aos crimes transfronteiriços. Foto: Diego Gurgel/ Secom

“Há uma coordenação conjunta das ações de combate aos crimes transfronteiriços que passa a ser institucionalizado, com assento de autoridades locais e bolivianas. O  objetivo maior é o combate a esses crimes, explicou o secretário.

Acrescentou ainda que, com essas medidas, as ações passam a ser coordenadas com conhecimento prévio das duas forças policiais que atuam na região, os alvos são definidos e, o mais importante, a disponibilização mútua de dispositivos inteligentes de acesso à informação e consulta a banco de dados garantirão uma condição diferenciada.

O Peru, representado pelo general Luís Alberto Cotrina, veio conhecer a experiência para, se possível, aderir à proposta de gestão de fronteira. Na ocasião, várias autoridades presentes foram homenageadas.

Comentários

Continue lendo

Em alta