O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), conseguiu um transporte aéreo particular para que a jovem de 18 anos, Sarah Eduarda Melo, vítima de um acidente doméstico no dia 31 de agosto, que gerou queimaduras em 43% do corpo, seja transferida para o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), em Brasília (DF).

O governador Gladson Cameli cuidou diretamente do caso, garantindo o leito no hospital de referência e o avião que irá transportá-la até Brasília, com previsão de partida do município de Cruzeiro do Sul às 6h da manhã deste sábado, 7, e previsão de chegada em Brasília às 13h (horário local).

Transporte da paciente ocorre na manhã deste sábado Foto: Cedida

Desde os primeiro diaem que ocorreu o acidente, o governador designou o coordenador regional de Saúde do Juruá, Roberto Holanda, para acompanhar o caso juntamente com a Central de Regulação da Sesacre.

De acordo com Holanda, assim que pousar em Brasília acompanhada da mãe, Sarah Eduarda terá uma ambulância no seu aguardo para ser transportada imediatamente ao hospital.

“A intervenção do governador Gladson Cameli para que a paciente fosse atendida imediatamente contará muito para a uma recuperação mais rápida da jovem. Sendo tratada por um hospital que é referência em atendimento para queimados, acreditamos que em breve a paciente poderá retornar ao Acre recuperada do acidente”, disse ele.

O governador Gladson Cameli comentou que assim como Sarah Eduarda Melo, muitas pessoas necessitam de agilidade nas ações do Estado no tocante ao atendimento emergencial. Segundo ele, as questões burocráticas o incomodam, mas entende que é necessário cumprir os trâmites legais para que nenhum problema impeça o atendimento eficaz dos pacientes.

“Sempre que tomo conhecimento dessas questões, procuro atuar pessoalmente no sentido de ajudar a agilizar. Acompanho todos os trâmites com o objetivo de fazer com que as pessoas que precisam da saúde pública possam receber o atendimento digno que merecem”, disse o governador reforçando que torce para que a paciente recupere sua saúde o mais rápido possível.

Comentários