Conecte-se conosco

Geral

Governo lança campanha digital para conscientizar sobre os impactos da direção imprudente

Publicado

em

Os impactos de um acidente de trânsito não se encerram no momento da colisão, além das inúmeras vidas perdidas e sonhos interrompidos por causa da imprudência nas vias, existe uma parcela considerável de pessoas que ficam feridas, e passam por longos e dolorosos processos de recuperação, que impactam não somente suas vidas pessoais, mas também na saúde pública e, por consequência, no dinheiro público.

A imprudência é uma das principais causas de acidente de trânsito. Foto: Thalles André/Detran

Para chamar a atenção da sociedade e convocar cada condutor a ter respeito e prudência no trânsito, o Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) e a Secretaria de Saúde do Estado do Acre (Sesacre), por meio do projeto Vida no Trânsito, lançam nesta quarta-feira, 27, uma campanha digital para conscientizar e convocar todos os participantes do trânsito a adotarem atitudes de respeito às leis e à vida, nas vias.

“Vamos massificar a postagem cards e vídeos educativos em nossas redes sociais, com a intensão de informar massivamente sobre os prejuízos causados pelos acidentes de trânsito, tanto os individuais, como para a sociedade como um todo”, explica a presidente do Detran/AC, Taynara Martins.

O foco serão os motociclistas, levando em consideração o número elevado de acidentes envolvendo essa categoria. Atualmente, o Acre conta com mais de 130 mil motocicletas, o que compreende a 42% da frota total do estado.

Somente em Rio Branco, até o mês de setembro deste ano 765 pessoas ficaram feridas por acidentes de trânsito. Em todo o estado, o número ultrapassa 1.200 vítimas.

A campanha tem foco nos motociclistas, já que são a maior porcentagem de feridos nos acidentes. Foto: Arquivo/Detran

De acordo com o setor de estatísticas e análise criminal da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), em 2020, mais de 83% dos acidentes com vítimas, tiveram envolvimento de motociclista.

Na área da Saúde, de acordo com a Sesacre, os impactos também são consideráveis, prova disso é que uma média de 70 leitos são ocupados mensalmente por vítimas de acidentes de trânsito e mais de mil cirurgias ortopédicas foram realizadas, no primeiro semestre de 2021, em pacientes acidentados. Outro dado que chama a atenção é o de dinheiro público investido da recuperação dessas pessoas, apenas um leito de UTI, por exemplo, custa ao Estado cerca de 14 mil reais por mês.

“Para mudar essa realidade as parcerias são fundamentais. Temos a meta do Plano Nacional de Enfrentamento das Doenças e Agravos não Transmissíveis que prevê redução em 50% da mortalidade no trânsito e de 50% da mortalidade de motociclistas até 2030. Para isso diversas instituições estão integradas para realizar ações como esta campanha, mas precisamos que a população esteja nos apoiando, com a adoção de atitudes corretas no trânsito”, salienta a coordenadora do Comitê Estadual Vida no Trânsito, Carla Mendes.

Comentários

Geral

Gladson confirma que Lovisaro deve ser o novo Procurador-Geral de Justiça do MPAC

Publicado

em

O governador Gladson Cameli confirmou na tarde deste domingo, 28, que deverá escolher o procurador de justiça Danilo Lovisaro como novo procurador-geral de justiça do Ministério Público pelos próximos dois anos. A oficialização deve ocorrer ainda esta semana. Na última sexta-feira, 26, Lovisaro foi o mais votado entre os membros do MP do Acre na lista tríplice, com 48 votos, seguidos pelo promotor Rodrigo Curti , 41, e Cosmo Lima Souza, com 31, votos.

Cameli afirmou que usou o critério do mais votado para escolher o novo PGJ, assim como fez da última vez quando escolheu Katia Rejane para o cargo.

“Eu estou seguindo essa diretriz, respeitando a democracia e fortalecendo a instituição Ministério Público que tem sido uma parceira. Eu sei que a atual PGJ apoiava o Rodrigo Curti, mas não devo me desviar desse critério, respeitando a maioria. Eu respeito todos os candidatos, mas a decisão é essa, democrática, e a maioria sempre vence”, disse.

O governador afirmou que se reuniu com Lovisaro neste domingo e comunicou a sua decisão. Ele afirmou que a Procuradora-Geral de Justiça, Katia Rejane, também foi avisada de sua decisão.

Comentários

Continue lendo

Geral

Garimpo ilegal: PF queima mais de 30 balsas, 69 dragas e apreende ouro no Rio Madeira

Publicado

em

O MPF recomendou durante a semana ‘repressão emergencial” e desarticulação do garimpo ilegal de ouro no rio Madeira e afluente, na cidade de Autazes

Polícia Federal (PF), com apoio das Forças Armadas, destruiu 69 dragas, mais de 30 balsas, prendeu um garimpeiro e apreendeu ouro em operação contra o garimpo ilegal, neste sábado (27), no Rio Madeira, na Amazônia.

Duas lanchas rápidas da PF saíram na frente do comboio para evitar uma eventual debandada dos garimpeiros.

MPF

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou nesta quarta-feira (24) “repressão emergencial” e desarticulação do garimpo ilegal de ouro no rio Madeira e afluente, na cidade de Autazes.

A recomendação do MPF pedia que órgãos e autarquias federais e estaduais atuassem de forma integrada para desmobilizar o garimpo ilegal. Foi estipulado um prazo de 30 dias para tomadas de medidas.

Dessa maneira, o MPF cobrou providências do Exército, por meio do Comando Militar da Amazônia; da Superintendência da Polícia Federal no Amazonas; da Agência Fluvial de Itacoatiara, unidade da Marinha encarregada do rio Madeira; do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), da presidência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e da superintendência da Agência Nacional da Mineração (ANM) no Amazonas.

Revista Fórum

Comentários

Continue lendo

Geral

MPAC realiza eleição da lista tríplice para escolha de procurador-geral

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) realiza, nesta sexta-feira (26), a eleição para a formação da lista tríplice de candidatos a procurador-geral de Justiça. Quatro candidatos concorrem ao cargo para conduzir a instituição, no biênio 2022-2024.

Oitenta membros, entre promotores e procuradores de Justiça, estão aptos a participar da votação, que se dará de forma presencial, em sistema de cédulas de papel, na Sala de Sessões do Edifício-Sede do MP acreano, no horário das 8 às 17 horas.

Foi aberta ainda a possibilidade, para aqueles que atuam em promotorias do interior ou se encontram fora do estado, de enviar o voto por via postal ou entregar à Comissão Eleitoral de forma antecipada. Cada membro pode votar em até três candidatos.

Vão compor a lista tríplice os três mais votados, a qual será encaminhada ao governador do estado, que, de acordo com a Lei Complementar nº 291/2014, tem até 15 dias, após ter recebido a lista oficialmente, para nomear o novo chefe do MPAC.

Os procuradores Carlos Maia, Cosmo Lima, Danilo Lovisaro e o promotor Rodrigo Curti disputam a sucessão da atual procuradora-geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, que conclui seu o mandato no início do próximo ano.

Coordenada pela procuradora de Justiça Gilcely Evangelista, a Comissão Eleitoral vai apurar os votos tão logo se encerre a votação e anunciará, ainda na sexta-feira, o resultado.

Comentários

Continue lendo

Em alta