“Não abriremos mão dos nossos direitos e continuaremos lutando para melhorar a vida dos servidores”, afirmou Adailton Cruz

Representes da saúde se reúnem com deputados/Foto: Charlton Lopes/ContilNet
Representes da saúde se reúnem com deputados/Foto: Charlton Lopes/ContilNet

Na manhã desta terça-feira (15), médicos, enfermeiros e outros integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac) pediram, durante a sessão, que os deputados estaduais intercedam em suas reivindicações com o governo estadual. Caso as reivindicações não sejam atendidas, a categoria entrará em greve por tempo indeterminado.

A classe, que ainda não decidiu uma possível paralisação, quer melhores condições de trabalho, reajuste  no salário, inclusão de gratificações e outras pautas. O hall da Aleac ficou lotado durante a reunião dos representantes com os parlamentares.

O presidente do Sintesac, Adailton Cruz, disse que as pautas são antigas, mas, mesmo assim, o governo ainda não deu a atenção necessária.

“Não abriremos mão dos nossos direitos e continuaremos lutando para melhorar a vida  dos servidores”, afirmou o sindicalista.

Comentários