Conecte-se conosco

Acre

Grávida, menina de 13 anos diz que avô abusava dela e das irmãs de 6 e 10 anos no AC: ‘muito abalada’, diz polícia

Publicado

em

Homem está na delegacia de Marechal Thaumaturgo para prestar esclarecimentos sobre os crimes — Foto: Jefson Dourado / Rede Amazônica Acre

Por Aline Nascimento

Um idoso de 73 anos foi levado à delegacia de Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre, suspeito de estuprar e engravidar a neta de 13 anos. O homem teria ainda abusado de outras duas netas, de 6 e 10 anos.

O caso foi denunciado pela família no domingo (14) para um servidor do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) de Cruzeiro do Sul, que tem contato com os moradores das comunidades rurais.

O servidor buscou a polícia da cidade, que montou uma equipe e encaminhou os policias para Marechal Thaumaturgo. A família mora na Comunidade Triunfo, zona rural de Marechal Thaumaturgo. Ao chegar no local, os policiais verificaram a situação, viram a menor grávida e levaram o idoso para a delegacia na noite de segunda-feira (15).

Menina vai ser acompanhada por psicóloga: ‘abalada’

Nesta terça (16), a Polícia Civil levou a menina ao médico para exames de conjunção carnal e ficou comprovado o abuso. Além disso, o exame mostrou que a menina está no segundo mês da gravidez. Ela foi acompanhada da inspetora especial da Polícia Civil Charla Barboza.

A inspetora contou que a adolescente vai se consultar com uma enfermeira na quarta (17) para iniciar os procedimentos de pré-natal e o acompanhamento com uma psicóloga. Segundo Charla, a menina está muito abalada e contou que era ameaçada de morte pelo avô se contasse sobre os abusos.

“Estou fazendo primeiro a oitiva dela, exames de conjunção carnal e acompanhamento psicológico. Ela vai ser acompanhada por uma psicóloga porque está muito abalada com essa situação, grávida do próprio avô”, contou Charla.

O caso vai ser acompanhado pelo delegado Heverton Roberto Bandeira de Carvalho. A Polícia Civil informou que o delegado já pediu a prisão preventiva do suspeito ao Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) e aguarda o resultado.

Abusos

À polícia, a menina contou que os abusos começaram aos 6 anos. Ao completar 12 anos, a vítima falou que o suspeito forçou a primeira relação sexual. A partir de então, a menina relatou que era obrigada diariamente a ter relações sexuais com o avô sob ameaças de morte.

A vítima morava com os avós maternos desde os três anos. A mãe dela mora na mesma comunidade e próximo da casa dos pais. A mulher é mãe de outras duas meninas de 6 e 10 anos. O avô também teria abusados das crianças.

Ainda segundo a vítima, os abusos ficaram mais constantes quando a avó morreu há dois anos. Ela passou a morar apenas com o avô e um tio, que trabalha no roçado, e na ausência dele o idoso aproveitava para abusar da neta.

“Em janeiro deste ano, no dia 11, ela [adolescente de 13 anos] falou que foi a última vez que a menstruação dela veio. Passou fevereiro, março e ela deduziu que estaria grávida e contou para a mãe o que tinha acontecido. Disse que não relatou os fatos antes porque ele ameaçava de morte e depois se mataria, caso ela contasse para alguém. Dizia que preferia morrer a ser preso”, explicou Charla.

Na quinta (11), a menina deixou a casa do avô e se mudou para a casa da mãe. Após saber do crime, a mulher falou com os irmãos dela e todos decidiram denunciar o caso.

“Se viu encurralada porque todo mundo ia ver que a barriga ia crescer e contou para a mãe dela. Após ser descoberto sobre a neta que morava com ele, ela informou que ele também já tinha aliciado as irmãs dela, uma de 10 e outra de 6 anos”, complementou.

Medo e ameaça de morte

A vítima de 10 anos falou que o avô mandava ela retirar a roupa e deitava em cima dela. Para esconder o crime, o idoso ameaçava a menina de morte e dizia que ele iria preso. Segundo a polícia, os familiares afirmaram que nunca desconfiaram dos crimes e ficaram todos em choque.

“A menina não queria falar por nada, depois de muita luta que contou. A menina de seis anos falou que uma vez estava sentada no colo dele assistindo televisão quando ele começou a passar a mão no corpo dela. Ele está custodiado na delegacia, o delegado fez o pedido de prisão e estamos aguardando a decisão do juiz. Ainda não ouvi ele, estou acompanhando primeiro a vítima e depois converso com ele”, concluiu a inspetora.

Comentários

Acre

Futebol Solidário arrecada quase 1 tonelada de alimentos em Capixaba

Publicado

em

O deputado federal Alan Rick foi um dos convidados para compor o time das Estrelas do Futebol Solidário, em Capixaba. O evento realizado pela prefeitura e Câmara Municipal da cidade, com o apoio do parlamentar, ocorreu nesta quinta-feira, 20, no estádio José Colásio.

O time das Estrelas também contou com a presença de ídolos do futebol, empresários, influencers. Entre eles, os ex-jogadores Amaral, Aloísio Chulapa, Donizete Pantera, Bujica, o goleiro acreano Tomate, o Rei Artur, Adriano Louzada, o ex-BBB Felipe Prior, o youtuber Muca Muriçoca, o ex-Pânico Pedrinho Moura, o acreano Marcelo Bimbi e outras celebridades.
O Futebol Solidário tem sido realizado em várias cidades do país com o objetivo de arrecadar donativos para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade. Em Capixaba, a entrada do público foi condicionada a doação de 2kg de alimentos não perecíveis.

No campo, o time das Estrelas goleou o time local. Placar foi de 6 X 3. Mas, a grande goleada foi a do povo que doou. De acordo com a organização, nesta sexta-feira foi realizada a coleta nos 6 pontos de troca pelo ingresso e a arrecadação foi de mais de 800kg de alimentos não perecíveis.

“A festa foi linda! Apesar de não estar em condições de jogo, foi um prazer participar deste momento, que além de alegrar a tarde dos moradores de Capixaba também vai levar alimento pra muitas famílias que precisam. Quase uma tonelada de alimentos arrecadados. Vitória da solidariedade!”,  comemorou Alan Rick.

Visita a comunidade

O deputado federal Alan Rick aproveitou a ida a Capixaba para conversar com a comunidade local. Almoçou na casa do apoiador Geran Clay ao lado vereador Almilton Costa (DEM/AC), presidente da Câmara de Capixaba, do vice prefeito Richard Lima (DEM/AC), do vereador Antonio França (Republicanos), o secretário de Planejamento de Capixaba Dário Reis e o conselheiro Tutelar Willian Tessinari e outros amigos. O encontro também teve a presença do ex-jogador Amaral.

Após o almoço Alan Rick visitou a Câmara de Vereadores e alguns bairros da cidade para vistoriar ruas que devem receber reparos, pavimentação e calçadas através de recursos de emendas destinadas pelo parlamentar em 2022.

Comentários

Continue lendo

Acre

Prefeitura recupera ramal do Km 12 e inicia serviços no Km 14

Publicado

em

O prefeito Sérgio Lopes, acompanhado do Vereador Nego, que também responde pelo Departamento de Obras e Serviços de recuperação ramais, estiveram visitando os serviços de recuperação do Ramal do Km 12 nesta terça-feira dia 18.

A prefeitura está aproveitando os dias de sol para avançar na reabertura eempiçarramento a fim de garantir tráfego durante o período das chuvas.

Segundo Informou o diretor de Campo Vereador Nego, os serviços estão bemavançados e já nesta quarta inicia a recuperação do ramal e da ponte do Km 14.

O Prefeito Sérgio Lopes ao visitar os serviços aproveitou para conversar com osprodutores rurais daquela localidade que estão muito satisfeitos com a ação porparte da prefeitura.

“Sinto-me lisonjeado em receber por parte dos produtores elogios pelo trabalhofeito, más esses serviços só é possível por termos uma equipe aguerrida quetrabalha dia e noite e até aos domingos se preciso for, para realizar os serviçosnecessários e assim garantir o trafego aos nossos produtores.” Destacou oPrefeito Sérgio Lopes.

Fotos Wesley Cardoso:

Comentários

Continue lendo

Acre

Estado garante retorno de exames de raio-X para Porto Walter

Publicado

em

Uma das regiões de mais difícil acesso do Acre, Porto Walter é prova do compromisso da gestão de Gladson Cameli com a saúde da população. No início desta semana, seus quase 13 mil moradores foram diretamente beneficiados com o retorno de exames feitos com o único aparelho de raio-X do município.

Investimentos da gestão de Cameli mostram os significativos avanços dos serviços de saúde oferecidos aos acreanos. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Para os portowaltenses, que ficam distantes 70 quilômetros de Cruzeiro do Sul, cidade onde se concentra a maioria dos serviços de saúde do Vale do Juruá, o benefício tem valor imensurável, pois minimiza as dificuldades impostas pelo isolamento.

Porto Walter volta a contar com os benefícios de moderno aparelho de raio-X, que passou por manutenção realizada pela Sesacre. Foto: cedida

“A saúde tem sido um dos grandes desafios do nosso governo, mas com muita dedicação e empenho estamos mudando esse quadro. A população do Juruá merece o melhor e esse é o foco do nosso trabalho”, declarou o governador Cameli.

Com serviços de manutenção avaliados em mais de R$ 31 mil, o dispositivo de última geração estará disponível 24 horas aos pacientes, para a emissão de imagens digitais, garantindo mais precisão no diagnóstico e auxílio no tratamento de doenças.

Catiana Rodrigues, coordenadora regional da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), salienta que as barreiras do isolamento são quebradas com ações de governo que permitem à população usufruir dias melhores. A coordenadora também destaca os esforços da titular da pasta, Paula Mariano, para promover saúde aos povos mais isolados do estado.

Gestora estadual de Saúde tem garantido assistência às regiões mais isoladas do estado. Marcos Vicentti/Secom

“Paula Mariano tem sido incansável para atender todas as demandas solicitadas pelos gerentes das unidades hospitalares do Estado. Em nossos planejamentos, traçamos caminhos para que a melhoria dos serviços chegue à população, como aconteceu com a unidade mista de Porto Walter, que volta a contar com moderno dispositivo para atender aos pacientes”, pontuou.

A unidade realizou, em 2021, mais de quatro mil atendimentos de urgência e emergência, ambulatoriais, de  radiologia, testagem para covid-19, de assistência psicológica, social e outros.

Fotografia feita pelo aparelho de raio-X de Porto Walter. Somente em 2021, foram realizados mais de quatro mil atendimentos médicos na unidade mista do município. Foto: cedida

Comentários

Continue lendo

Em alta