Por Fernando Oliveira/ASCOM

A primeira reunião do Grupo de Trabalho que é fruo da audiência pública realizada pela Câmara Municipal de Brasileia, contou com a presença do Presidente do Poder Legislativo, Rogério Pontes(MDB), Vereador e Líder da Prefeita na Câmara, Edu Queiroz, Vereador e 2° Secretário da Mesa Diretora da Câmara, Rozevete Honorato(PSB), Vereador, Antônio Francisco(PT), Vereador, Mário Jorge(MDB), Vereador Joelso Pontes(PP), Vereador Zé Gabriele(PSB).

Participaram ainda a Comandante do 10º Batalhão, Major, Ana Kássia, representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais(STRB), Seu Luiz Lucena, Vailson Pessoa e demais membros da comunidade.

O Objetivo do grupo é dar continuidade às demandas apresentadas na audiência, reivindicando e buscando parcerias do Governo do Estado e dos parlamentares para fortalecer o trabalho da segurança pública na região, como também envolver a comunidade nas ações que serão desenvolvidas.

O Presidente da Câmara de Brasileia, Rogério Pontes(MDB), destaca que o objetivo do grupo de trabalho é dar continuidade nos encaminhamentos tirado da audiência pública, “estamos reunindo hoje o grupo de vereadores juntamente com populares, o seu Luiz Lucena e o Vailson representando a comunidade. Tiramos o entendimento de nós reunir para darmos encaminhamento a pauta discutida na audiência que foi realizada no mês passado, foi uma audiência produtiva, mas não podemos parar, temos o objetivo de proporcionar uma melhor segurança para população de Brasileia”, disse.

Para a Comandante do 10º Batalhão da Polícia Miliar, Major Ana Cassia, a participação da comunidade nas ações que serão desenvolvida é de fundamental importância.

“Diante do que foi acertado na audiência pública, um dos encaminhamentos era que fosse criado um grupo de trabalho para dar continuidade as atividades que foram iniciadas. Nessa reunião o grupo deliberou sobre alguns assuntos como a participação da comunidade nas ações que vamos começar a viabilizar na área de segurança pública, como ações de patrulhamento rural, e o Gefron que estar chegando, como também a mobilização das autoridades no que desrespeito aquilo que poderão ajudar”, afirmou.

Maílson Pessoa, representante da comunidade, afirma que o grupo não irá parar enquanto não ver resultado. ”estamos reunidos novamente agora com o apoio da comandante da Polícia Militar, Major Ana Cassia, montamos esse grupo e não deixamos as coisas parar, eu acredito que a tendência é avançar nesse discussão com o apoio de todos”.

O líder da prefeita Fernanda Hassem na Câmara, Vereador, Edu Queiroz(PT), explica que plano maior é dar continuidade aos trabalhos da audiência pública e envolver o Congresso Nacional com essa discussão,” por isso foi criado o grupo trabalho, vamos continuar reivindicando buscando o apoio dos governos e dos parlamentares para poder ajudar essa região principalmente Brasileia que é área de fronteira, o pensamento é trazer o Congresso Nacional para essa discussão. Sabemos que liberação de recursos e questões referentes a legislação tudo isso desrespeito ao congresso nacional”, explicou.

Comentários